Marcos Catarina

Marcos Catarina

O cantor e compositor mineiro Marcos Catarina, lançou dois álbuns: “Leve” e “Entre Canções”.

Marcos Catarina entre os principais projetos realiza sazonalmente o Baile dos Românticos homenageando vários compositores brasileiros, é também criador do bloco de carnaval Românticos São Loucos em Homenagem a seu irmão, o grande compositor mineiro Vander Lee que já se destaca no efervescente carnaval de Belo Horizonte – MG. Vanderli Catarina, conhecido como Vander Lee, nascido no dia 3 de março de 1966 em Belo Horizonte e que faleceu no dia 5 de agosto de 2016 na mesma cidade, após um processo cirúrgico para correção de um Infarto ocorrido na tarde do dia anterior, enquanto fazia hidroginástica.

Marcos Catarina desde 2015 apresenta ao público o show “Todo In Canto do Rio”, composto por canções autorais que remetem as águas, aos rios e as marés.

Marcos Catarina em 2020 comemorou 10 anos de carreira fonográfica, iniciada com a produção do seu primeiro EP – “Todo In Canto do Rio”. A partir daí participou de inúmeros Festivais de Música e shows em várias regiões do Brasil. Em 2014 lançou uma campanha de financiamento coletivo que foi muito bem sucedida com o lançamento do álbum “Entre Canções”, que abriu muitas portas, em 2017 recorreu mais uma vez ao crowdfunding sendo agraciado com uma ampla participação do público e gravou o segundo álbum “Leve”.

Agora chegou a hora de estrear na produção áudio visual será lançado no final de 2020 o CD/DVD – “Marcos Catarina 10 anos”. Um trabalho que irá reunir canções que marcaram a sua trajetória além de trazer várias músicas inéditas.

Segue abaixo entrevista exclusiva com Marcos Catarina para a www.ritmomelodia.mus.br, entrevistado por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa em 23.10.2020:

Índice

01) Ritmo Melodia: Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal?

Marcos Catarina: Nasci no dia 20.03.1978 em Belo Horizonte – MG. Registrado como Marcos José Catarina.

02) RM: Fale do seu primeiro contato com a música.

Marcos Catarina: Minha história se inicia nas rodas que meu pai (José Delfino Catarina) promovia em casa quando éramos crianças. Através desse link – web série sambista da vez –https://www.youtube.com/watch?v=y6OgCWBticw o leitor vai conhecer o meu contato com a música e do meu pai, do meu irmão Vander Lee e da minha irmã Ivania Catarina.

03) RM: Qual sua formação musical e/ou acadêmica fora da área musical?

Marcos Catarina: Tenho pós em História da Arte e Profissionalizante em Música pela Bituca Universidade de Música Popular.

04) RM: Quais as suas influências musicais no passado e no presente. Quais deixaram de ter importância?

Marcos Catarina: O Rádio é minha primeira influência, a música popular os cantores de rádio: Erasmo Carlos, Luiz Caldas, Djavan, Luiz Gonzaga, Luiz Melodia, Vander Lee. Com o mundo contemporâneo das redes, acesso à informação, passado, presente se misturam uma espiral sem fim e gosto dos artistas do RAP nacional: Sabotage, Racionais MC’s, Ricon Sapiência.

05) RM: Quando, como e onde você começou sua carreira musical?

Marcos Catarina: Comecei participando de Festivais de Música pelo interior do Brasil nos anos 2000.

06) RM: Quantos CDs lançados?

Marcos Catarina: Dois álbuns e um DVD gravados: Em 2020 lançarei o CD/DVD – “Marcos Catarina 10 anos”, um trabalho que irá reunir canções que marcaram minha trajetória além de trazer várias músicas inéditas.

Em 2017 lancei “Leve”, um álbum com direção musical do baixista Eneias Xavier. O CD pode ser acessado pelas plataformas digitais e traz muitas novidades, baladas cheias de suingue e uma variedade de ritmos brasileiros, com sotaque mineiro, letras e melodias originais e cheias de poesia. Além de parcerias inéditas minhas com compositores da nova geração, tem releituras da obra do meu saudoso e amado irmão, o cantor e compositor Vander Lee.

Em 2014 lancei o “Entre Canções”. Meu primeiro álbum desenha minha identidade musical permeada pelo apelo regional que carrega sua diversidade e especificidade urbano/rural. Apresento canções de minha autoria que tem uma sonoridade intimista que busca mesclar entre diferentes gêneros da música popular brasileira, fusões sonoras que passeiam pelos regionalismos da canção mineira às influencias da música pop, destacando as referências dos ritmos brasileiros de matrizes africanas e indígenas.

Em 2010 lancei o EP – “Todo In Canto do Rio”, composto por canções autorais que remetem as águas, aos rios e as marés. As canções que mais chegaram ao público foram: “Saúde e Sorte”, “Logo ali”, “Reabolição”.

07) RM: Como você define seu estilo musical?

Marcos Catarina: Popular, com sofisticação literária.

08) RM: Você estudou técnica vocal?

Marcos Catarina: Sim.

09) RM: Qual a importância do estudo de técnica vocal e cuidado com a voz?

Marcos Catarina: É Importante o cantor conhecer seu instrumento (a Voz)!

10) RM: Quais as cantoras(es) que você admira?

Marcos Catarina: Ivania Catarina, Monica Salmaso, Rosa Passos.

11) RM: Como é seu processo de compor?

Marcos Catarina: Intenso.

12) RM: Quais são seus principais parceiros de composição?

Marcos Catarina: O violão, voz e a paz.

13) RM: Quem já gravou as suas músicas?

Marcos Catarina: Dona Jandira, Ivania Catarina, Bárbara Barcellos.

14) RM: Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente?

Marcos Catarina: A vantagem é de estar com as coisas perto das mãos, ouvidos e olhos. A desvantagem é de sobrar pouco tempo para uma partida de xadrez.

15) RM: Quais as estratégias de planejamento da sua carreira dentro e fora do palco?

Marcos Catarina: Observar o mundo que nos cerca e a melhor maneira de atuar nele com as ferramentas que temos. Pensar em um calendário que alterne o tempo de produção com o tempo de circulação.

16) RM: Quais as ações empreendedoras que você pratica para desenvolver a sua carreira?

Marcos Catarina: Criação de novos projetos a cada semestre do ano.

17) RM: O que a internet ajuda e prejudica no desenvolvimento de sua carreira?

Marcos Catarina: Sem a internet muita gente como eu nem existiria!

18) RM: Quais as vantagens e desvantagens do acesso à tecnologia de gravação (home estúdio)?

Marcos Catarina: Muitas vantagens. Vamos para o estúdio com a pré-produção alinhada, facilita a vida econômica e prática de ter um home estúdio à disposição.

19) RM: No passado a grande dificuldade era gravar um disco e desenvolver evolutivamente a carreira. Hoje gravar um disco não é mais o grande obstáculo. Mas, a concorrência de mercado se tornou o grande desafio. O que você faz efetivamente para se diferenciar dentro do seu nicho musical?

Marcos Catarina: Faço minha música e por si só já me diferencia.

20) RM: Como você analisa o cenário musical brasileiro. Em sua opinião quem foram às revelações musicais nas duas últimas décadas e quem permaneceu com obras consistentes e quem regrediu?

Marcos Catarina: Vejo um ressurgimento da música autoral, com advento das redes de compartilhamento. Surgiu muita gente boa, seria difícil destacar. Comercialmente falando vejo muitos êxitos como Emicida e outros.

21) RM: Quais os músicos já conhecidos do público que você tem como exemplo de profissionalismo e qualidade artística?

Marcos Catarina: Djavan, Ney Matogrosso, Titãs.

22) RM: Quais as situações mais inusitadas aconteceram na sua carreira musical (falta de condição técnica para show, brigas, gafes, show em ambiente ou público tosco, cantar e não receber, ser cantado e etc)?

Marcos Catarina: No início da carreira fui tocar num PUB, estava bem concentrado na canção e fechei os olhos, só abri olhos quando percebi que a aniversariante da noite resolveu me beijar sem me avisar. Foi um transtorno, eu estava com minha companheira no local. Enfim, acabou o show.

23) RM: O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

Marcos Catarina: Os amigos que fazemos pela estrada é uma das grandes felicidades, dá um pouco de tristeza a visão rasa das pessoas que romantizam a vida do artista, achando que é fácil viver de música no Brasil.

24) RM: Existe o Dom musical? Como você define o Dom musical?

Marcos Catarina: Dom existe para aqueles que usam sua inspiração até a transpiração chegar exaustão.

25) RM: Qual é o seu conceito de Improvisação Musical?

Marcos Catarina: Improvisação é o músico ter tanta consciência do que faz, que permite ter a liberdade de andar por novos caminhos.

26) RM: Existe improvisação musical de fato, ou é algo estudado antes e aplicado depois?

Marcos Catarina: O estudo ajuda a liberdade chegar com mais frequência.

27) RM: Quais os prós e contras dos métodos sobre Improvisação musical?

Marcos Catarina: Totalmente só tem prós.

28) RM: Quais os prós e contras dos métodos sobre o Estudo de Harmonia musical?

Marcos Catarina: Fundamental um bom conhecimento de harmonia, ajuda muito no processo composicional.

29) RM: Você acredita que sem o pagamento do jabá as suas músicas tocarão nas rádios?

Marcos Catarina: Acredito.

30) RM: O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical?

Marcos Catarina: Siga em frente acredite em si mesmo.

31) RM: Quais os prós e contras do Festival de Música?

Marcos Catarina: Festival de Música é uma ótima escola, mas não podem se tornar um meio de vida.

32) RM: Festivais de Música revelam novos talentos?

Marcos Catarina: Sim, existem grandes Festivais de Música.

33) RM: Como você analisa a cobertura feita pela grande mídia da cena musical brasileira?

Marcos Catarina: A cobertura feita pela grande mídia já foi pior, acho que a internet tem o poder de modificar até o comportamento da massa e mídias.

34) RM: Qual a sua opinião sobre o espaço aberto pelo SESC, SESI e Itaú Cultural para cena musical?

Marcos Catarina: Fundamental esses espaços sem estas iniciativas muitos artistas nunca sairiam do lugar.

35) RM: O circuito de Bar na cidade que você mora ainda é uma boa opção de trabalho para os músicos?

Marcos Catarina: Já foi melhor o trabalho em Bar em Belo Horizonte – MG, mas muitos amigos vivem deste trabalho que digníssimo.

36) RM: Qual o seu contato pessoal e profissional com seu irmão Vander Lee?

Marcos Catarina: Meu irmão Vander Lee me influenciou muito, assim como nosso pai, aprendemos a tocar vendo nosso pai (José Delfino Catarina).

37) RM: Qual o seu contato pessoal e profissional com sua irmã Ivana Catarina?

Marcos Catarina: Minha relação com minha irmã Ivania Catarina, no mundo da música se deu pelos palcos dos Festivais de Música, ela me incentivou à participar. As, minhas primeiras apresentações foram em parceria com Ivania. Depois segui a trilha com músicas minhas. Participamos do FAN – Festival de Arte Negra, juntos.

38) RM: Qual o seu contato pessoal e profissional com seu sobrinho Lucas Resta?

Marcos Catarina: Lucas Resta (filho de Vander Lee), meu sobrinho, eu produzi alguns shows e o convidei para improvisar versos com elementos da cultura Hip Hop. Ele transita pelo Reggae, RAP etc.

39) RM: Qual o seu contato pessoal e profissional com sua sobrinha Laura Catarina?

Marcos Catarina: Minha linda sobrinha Laurinha (filha de Vander Lee), já fizemos alguns tributos ao pai dela. Ela tem participação no lançamento do meu álbum “Leve”, e já cantamos juntos com a orquestra de meninos de Betim – MG.

40) RM: Quais os seus projetos futuros?

Marcos Catarina: Em 2020 eu comemoro 10 anos de carreira fonográfica, que se iniciou em 2010 com a produção do meu EP – “Todo In Canto do Rio”. A partir daí foram inúmeras participações em Festivais de Música, mostras e shows em várias regiões do Brasil. Em 2014 lancei uma campanha de financiamento coletivo que foi muito bem sucedida com o lançamento do álbum “Entre Canções”, que abriu muitas portas, em 2017 recorremos mais uma vez ao crowdfunding e fomos agraciados com uma ampla participação do público  e gravei o segundo álbum – “Leve”. Sentido necessidade de expandir o meu trabalho para o áudio visual venho produzindo vídeo clipes com as canções de seus três álbuns e também dos tributos realizados em homenagem a Vander Lee. No final de 2020 será lançado o meu primeiro DVD ao Vivo.

41) RM: Quais seus contatos para show e para os fãs?

Telefone: (31) 98525 – 3468 / [email protected] / https://www.facebook.com/marcos.catarina / 

https://www.facebook.com/marcos.catarina.9 

https://www.instagram.com/marcoscatarinaoficial  

https://tratore.com.br/um_artista.php?id=18804 

https://open.spotify.com/album/2UGJUG8VlJw2z93Csp6EKy 

Canal: https://www.youtube.com/channel/UCQ7fsmZqJlXmCtBNY9C5Cow 

Logo Ali – (Web Clipe Oficial): https://www.youtube.com/watch?v=26s9OprkP_8   

Web série sambista da vez: https://www.youtube.com/watch?v=y6OgCWBticw   

Participação Marcos Catarina sobre o lançamento de seu novo CD – “Leve”: https://www.youtube.com/watch?v=p_pavAiPYzs

 


Antonio Carlos Da Fonseca Barbosa

Antonio Carlos Da Fonseca Barbosa

Criador e Editor responsável pela revista digital RitmoMelodia desde 2001, jornalista, músico, poeta paraibano Antonio Carlos da Fonseca Barbosa, propaga a diversidade musical brasileira através de entrevistas e artigos. Jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB (1996 a 2000) que lançou um livro de poesia em 1998 e seus poemas ganharam melodias gravadas em três álbuns concluindo a trilogia "reggae baseado em poesia" no seu projeto musical Reggaebelde. Unindo a sensibilidade do poeta, músico com o senso crítico do jornalista e pesquisador musical colocado em prática em uma revista que Canta o Brasil.