Uma Revista criada em 2001
pelo jornalista, músico e poeta paraibano
Antônio Carlos da Fonseca Barbosa.

Gama Junior

Gama Junior
Gama Junior

O multi-instrumentista, cantor, professor de música, produtor musical alagoano Gama Junior, possui uma musicalidade ímpar que passeia e se renova em diversos estilos, que parece beber de uma fonte multicultural.

Como artista autoral, gravou e produziu os álbuns: “Jay Gandharva” (2010); “Massala” (2013); “Faz o que te faz bem” (2019). E dois DVDs: “Meditason ao vivo” (2015) e “Massala ao vivo” (2017) e dois singles: “Luz ahimsa” e “Florescer Bhakti”.

Segue abaixo entrevista exclusiva com Gama Junior para a www.ritmomelodia.mus.br, entrevistado por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa em 25.12.2020:

Índice

01) Ritmo Melodia: Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal?

Gama Junior: Nasci no dia 22.02.1975 em Maceió – AL. Registrado como José Cícero Gama dos Santos Junior.

02) RM: Fale do seu primeiro contato com a música.

Gama Junior: Meu primeiro contato com a música foi através do meu pai, acho que ainda no berço, vendo o mesmo tocar os seus instrumentos, e em seguida, acompanhando os ensaios das orquestras de Frevo.

03) RM: Qual sua formação musical e/ou acadêmica fora da área musical?

Gama Junior: Sou formado em Licenciatura em Música pela Universidade Federal de Alagoa e especialização em Flauta Transversal no CENART.

04) RM: Quais as suas influências musicais no passado e no presente. Quais deixaram de ter importância?

Gama Junior: No passado: Luiz Gonzaga, Djavan, Raul Seixas, Dominguinhos, Engenheiros do Hawaii, Tomaz Lima. No presente eu destaco Jai Uttal, Krishna Das, Deva Premal, Ale di Maria, Prem Joshua, Chandra Lacombe, dentre outros! Confesso que todos ainda tem grande importância até hoje.

05) RM: Quando, como e onde você começou sua carreira musical?

Gama Junior: Iniciei tocando nos Bares em Maceió – AL há 25 anos (1995), tocando Violão e cantando.

06) RM: Quantos CDs lançados?

Gama Junior: Tenho três CDs lançados: “Jay Gandharva” (2010); “Massala” (2013); “Faz o que te faz bem” (2019). E dois DVDs: “Meditason ao vivo” (2015) e “Massala ao vivo” (2017) e dois singles: “Luz ahimsa” e “Florescer Bhakti”.

07) RM: Como você define seu estilo musical?

Gama Junior: Faço uma música multicultural.

08) RM: Você estudou técnica vocal?

Gama Junior: Sim, iniciei no Coretfal, e em seguida, durante o curso de formação de graduação em música.

09) RM: Qual a importância do estudo de técnica vocal e cuidado com a voz?

Gama Junior: Vejo a voz humana como um instrumento musical natural. E a técnica vocal é a forma de afinar, melhorar a sonoridade, posicionar os sons, aumentar os seus recursos vocais. Cuidar da voz é cuidar do seu instrumento e, consequentemente, da saúde!

10) RM: Quais as cantoras(es) que você admira?

Gama Junior: São tantas. Vou citar algumas, Deva Premal, Donna De Lory, Giita Rani, Peia e etc.

11) RM: Como é seu processo de compor?

Gama Junior: Nos momentos de conexão com o meu eu interior, recebimento total.

12) RM: Quais são seus principais parceiros de composição?

Gama Junior: Rachel Monteiro, Arnaud Borges, Demis Santana.

13) RM: Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente?

Gama Junior: Caminhar com as próprias pernas e poder escolher esse caminho é ótimo, mas nesse caminho tem a sobrecarga como barreira.

14) RM: Quais as estratégias de planejamento da sua carreira dentro e fora do palco?

Gama Junior: Hoje eu estou muito focado nos editais de premiação como estratégia de continuidade na carreira musical, e isso exige muito planejamento diário, já nos palcos eu sigo o flow.

15) RM: Quais as ações empreendedoras que você pratica para desenvolver a sua carreira?

Gama Junior: Capacitar-me nas plataformas digitais, vendas nas redes sociais, aumentar a quantidade de produtos: CDs, DVDs, Camisas, Clipes, Cursos etc e gerenciar outros artistas.

16) RM: O que a internet ajuda e prejudica no desenvolvimento de sua carreira?

Gama Junior: Levar a minha arte para todos os cantos do mundo é tudo! Por enquanto não tem prejudicado.

17) RM: Quais as vantagens e desvantagens do acesso à tecnologia de gravação (home estúdio)?

Gama Junior: Ainda não tenho o meu home estúdio! Mas só vejo vantagem.

18) RM: No passado a grande dificuldade era gravar um disco e desenvolver evolutivamente a carreira. Hoje gravar um disco não é mais o grande obstáculo. Mas, a concorrência de mercado se tornou o grande desafio. O que você faz efetivamente para se diferenciar dentro do seu nicho musical?

Gama Junior: Tento me manter fiel a minha identidade e apresentando algo novo em cada trabalho.

19) RM: Como você analisa o cenário da MPB. Em sua opinião quem foram às revelações musicais nas duas últimas décadas e quem permaneceu com obras consistentes e quem regrediu?

Gama Junior: Vejo um crescimento positivo, principalmente quando se refere a novas artistas da nova MPB: Mariana Aydar, Céu, Tulipa Ruiz, Crystal, Roberta Campos, Marie Gabriella, são tantas! Acho que o Paulinho Moska vem num processo de baixa, em relação a atuação no cenário da MPB.

20) RM: Quais os músicos já conhecidos do público que você tem como exemplo de profissionalismo e qualidade artística?

Gama Junior: Ney Matogrosso, Lenine, Djavan são exemplos com certeza!

21) RM: Quais as situações mais inusitadas aconteceram na sua carreira musical (falta de condição técnica para show, brigas, gafes, show em ambiente ou público tosco, cantar e não receber, ser cantado etc)?

Gama Junior: São tantas das citadas na pergunta (risos), mas a pior de todas foi quando eu caí do palco durante um show em um hotel, Ah! Teve outra situação em um casamento, aonde teve uma briga de família que puxaram uma arma bem em frente ao palco, e todos os músicos correram, e eu fiquei sozinho!

22) RM: O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

Gama Junior: Sinto-me feliz quando estou no palco e triste quando vejo a desigualdade na nossa classe!

23) RM: Existe o Dom musical? Como você define o Dom musical?

Gama Junior: Acredito que sim! O pulsar rítmico no caminhar, a melodia nas palavras, a harmonização do coletivo expresso no berço de um canto/instrumento define o dom musical.

24) RM: Qual é o seu conceito de Improvisação Musical?

Gama Junior: É o conhecimento e domínio da ação de um músico ou musicista em uma peça.

25) RM: Existe improvisação musical de fato, ou é algo estudado antes e aplicado depois?

Gama Junior: O estudo é fundamental para que o músico obtenha o conhecimento e ferramentas necessárias para o improviso, assim, o improviso existe de fato!

26) RM: Quais os prós e contras dos métodos sobre Improvisação musical?

Gama Jr: Acho que por trás de todo método tem um mestre, então, o contra é você estar longe dele, e o prol é você estar do LADO do Mestre.

27) RM: Quais os prós e contras dos métodos sobre o Estudo de Harmonia musical?

Gama Jr: Acho que por trás de todo método tem um mestre, então, o contra é você estar longe dele, e o prol é você estar do LADO do Mestre.

28) RM: Você acredita que sem o pagamento do jabá as suas músicas tocarão nas rádios?

Gama Jr: Infelizmente, não!

29) RM: O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical?

Gama Jr: É isso que você quer da vida? Se sim, mergulha com amor!

30) RM: Quais os prós e contras do Festival de Música?

Gama Jr: Nos Festivais de Música gosto das trocas de conhecimentos, socialização, novas amizades e experiências dentro do meio musical, oportunidades criadas, enfim. Os contras são: os privilégios dados a uma parte de músicos, a competitividade as vezes é exagerada e falta de apoio aos artistas que moram fora do eixo comercial do país.

31) RM: Hoje os Festivais de Música revelam novos talentos?

Gama Jr: Acredito que não.

32) RM: Como você analisa a cobertura feita pela grande mídia da cena musical brasileira?

Gama Jr: O apelo pela música de massa desfocou o restante da cena musical, assim, tirando o brilho das verdadeiras estrelas.

33) RM: Qual a sua opinião sobre o espaço aberto pelo SESC, SESI e Itaú Cultural para cena musical?

Gama Jr: Acho que são as principais portas para a música independente brasileira.

34) RM: O circuito de Bar na cidade que você mora ainda é uma boa opção de trabalho para os músicos?

Gama Jr: Maceió – AL é uma cidade turística aonde uma boa parte da economia depende do turismo, e os Bares são as rotas dos turistas e espaços de trabalho dos músicos.

35) RM: Gama Junior, Quais os seus projetos futuros?

Gama Jr: Ganhar alguns editais para continuar produzindo e levando a minha arte para o mundo!

36) RM: Quais seus contatos para show e para os fãs?

Shows: (82) 98714 – 9497 | [email protected] | www.gamajunior.art.br

| https://web.facebook.com/jaygamajunior

| www.instagram.com/gamaoficial

Canal: https://www.youtube.com/user/jaygamajunior12

SHOW MASSALA – Gama Junior: https://www.youtube.com/watch?v=PAgAwBFcYnc

Live Dia Dos Pais CSS Gama Junior: https://www.youtube.com/watch?v=RBb8DVd5JCE


Deixe um comentário

*

Uma Revista criada em 2001
pelo jornalista, músico e poeta paraibano
Antônio Carlos da Fonseca Barbosa.