More China Marinho »"/>More China Marinho »" />
Uma Revista criada em 2001
pelo jornalista, músico e poeta paraibano
Antonio Carlos da Fonseca Barbosa.

China Marinho

China Marinho

Natural de Aracruz, no Espirito Santo, o cantor China Marinho lançou “Subiu a Pressão”, dos compositores da Plug Records, Gustavo Chaves, Marcos Buzzo, Gabriel Viana, Bruno Macedo, Erik Goulart e John Amplificado. A canção fala de farra, além de ter uma “pegada dançante”.

O cantor China Marinho começou sua carreira artista ainda novo e na pandemia migrou do sertanejo para o pagode, mas hoje ele se enquadra no estilo artista “Tiktok”. O artista já dividiu palco Thiago Brava, Edson & Hudson, Gusttavo Lima, Humberto & Ronaldo, entre outros cantores.

“O after é na minha casa, vai novinha se prepara… Ela rebolando subiu a minha pressão”. Sua mais nova canção, “Subiu a Pressão”, fala sobre muita farra e conta com esta nova “pegada” do artista que interage com o público baseado no seu repertório musical variado.

A Plug Records tem o propósito de reunir em um lugar, grandes compositores que almejam crescimento profissional ao lado do respaldo e orientação de uma equipe altamente capacitada e com autoridade no meio. O projeto, criado e desenvolvido pelo produtor musical Marcos Buzzo, foi inaugurado em março de 2022. A empresa, que tem sua sede em Goiânia, visa concentrar na capital os mais distintos e ricos talentos que buscam ter suas composições interpretadas por grandes nomes da música brasileira e internacional.

A Plug Records disponibiliza para indústria musical, uma vasta gama de serviços que facilita a jornada dos interessados nos mais diversos processos que envolvem o lançamento de uma música, tais como: produção de guias, gravação, edição, consultoria, distribuição digital e marketing para compositores e lançamentos. Além disso, a agenciadora disponibilizará cursos com relevantes nomes para que os profissionais conquistem técnicas e estratégias que são exigidas neste mercado, garantindo um atendimento completo e integral que atualmente não é oferecido por empresas do ramo.

Segue abaixo entrevista exclusiva com China Marinho para a www.ritmomelodia.mus.br, entrevistado por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa em 21.09.2022:

01) Ritmo Melodia: Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal?

China Marinho: Nasci no dia 08/03/1994 em Aracruz – ES. Registrado como José Carlos Marinho Neto.

02) RM: Fale do seu primeiro contato com a música.

China Marinho: Meu contato com a música veio desde infância por ser filho dos pastores na igreja no qual congregava. Aos 8 anos de idade já fazia parte do ministério de louvor da igreja como musico instrumentista.

03) RM: Qual sua formação musical e/ou acadêmica fora da área musical?

China Marinho: Cursei “Técnico em Mecânica” e tranquei a Faculdade de “Engenharia de Produção”.

04) RM: Quais as suas influências musicais no passado e no presente. Quais deixaram de ter importância?

China Marinho: Eu sou bem eclético, costumo ouvir de tudo um pouco apesar do estilo musical que trabalho hoje em dia. Dentro do meu estilo musical ouço muito os artistas Wesley Safadão, Xand Avião, Eric Land, Felipe Amorim, Thiago Aquino, Gusttavo Lima, Rogerinho, Matheus Fernandes, Nattan, Carlinhos Rocha, dentre outros. Costumava ouvir muito também bandas de outros estilos musicais como Tihuana, Raimundos, Blinck 182, Linkin Park, P.O.D, August Burns Red.

05) RM: Quando, como e onde você começou sua carreira musical?

China Marinho: Minha carreira como cantor se deu início em 2014 em Aracruz – ES, após uma passagem que tive como baterista de uma banda de forró de São Mateus – ES chamada Banda Ases do Forró.

06) RM: Quantos CDs lançados?

China Marinho: Dois CDs, dois clipes, e recentemente lancei o single/clipe “Subiu a Pressão” que é a nova música de trabalho e já está disponível em todas as plataformas digitais.

07) RM: Como você define seu estilo musical?

China Marinho: Costumo a dizer que meu estilo musical é algo bem diferente pois costumo a mesclar muito esses lances eletrônicos no meio do Sertanejo/Forró.

08) RM: Você estudou técnica vocal?

China Marinho: Não, atualmente faço apenas acompanhamento com fonoaudióloga.

09) RM: Qual a importância do estudo de técnica vocal e cuidado com a voz?

China Marinho: Precisamos ter sempre em mente que a voz é nosso instrumento de trabalho, é necessário investir e cuidar dela. A falta de acompanhamento de um profissional da área pode acarretar em diversos problemas em curto e longo prazo.

10) RM: Quais as cantoras (es) que você admira?

China Marinho: Tem dois cantores que sou super fã que é meu conterrâneo Carlinhos Rocha e o cantor gospel Leonardo Gonçalves, quem me conhece sabe muito bem disso (risos).

11) RM: Como é seu processo de compor?

China Marinho: Atualmente devido a rotina puxada não estou conseguindo conciliar essa etapa de composição. Tenho a honra de contar com o pessoal da “Plug Records” na pessoa do grande produtor musical Marcos Buzzo de Goiânia – GO, que tem sido muito importante nessa nova etapa da minha carreira. Recentemente gravei quatro composições da Plug que estarei lançando nos próximos dias. Super indico pra quem está buscando algo novo, compatível com a realidade no nosso mercado.

12) RM: Quais são seus principais parceiros de composição?

China Marinho: Quando preciso de alguma letra especifica eu entro em contato com os meninos da Plug Records mais especificamente meu amigo Bruno Macedo (que fez a ponte do meu primeiro contato com eles), passo a ideia do que preciso e em poucos dias eles já me mandam uma série de opções para o perfil de música que eu estou buscando.

13) RM: Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente?

China Marinho: Nada é fácil nessa vida e sempre penso na frase “ninguém faz nada sozinho nessa vida” nós continuamos lutando e batalhando para buscar nosso espaço. Graças a Deus muita coisa mudou na minha vida após eu receber e aceitar o convite para fazer parte do time “Rocha Produções” e “Galpão Music Bar” responsável por tudo isso que está acontecendo na minha vida hoje em dia. Acreditaram no projeto, investiram nisso e vamos continuar trabalhando pra colher os frutos disso.

14) RM: Quais as estratégias de planejamento da sua carreira dentro e fora do palco?

China Marinho: Hoje estamos com o planejamento de ampliar o alcance da carreira regional, pois o público no Espírito Santo estava acostumado a prestigiar o “China Marinho” cantor de Pagode no qual foi meu estilo nesses últimos dois anos. Com essa migração que fiz do Pagode para o Sertanejo/Forró precisamos levar essa nova proposta para o nosso público que são nossos principais consumidores.

15) RM: Quais as ações empreendedoras que você pratica para desenvolver a sua carreira musical?

China Marinho: Estamos apostando muito em planejamento, estratégias, parcerias. Estamos estudando o nosso mercado para entender o que nosso público está consumindo atualmente para poder fazer essa entrega a eles. Entregar o que eles gostam de ouvir.

16) RM: O que a internet ajuda e prejudica no desenvolvimento de sua carreira musical?

China Marinho: Redes sociais ainda estão sendo o ponto forte da divulgação, estamos investindo nisso.

17) RM: Quais as vantagens e desvantagens do acesso à tecnologia de gravação (home estúdio)?

China Marinho: Vejo mais vantagens do que desvantagens no uso do home estúdio, quem estoura o artista não é onde ele gravou, mais sim, o que ele gravou e a forma que trabalhou para fazer chegar no consumidor final. Exemplo: Dj Ivis estourou gravando dentro de casa.

18) RM: No passado a grande dificuldade era gravar um disco e desenvolver evolutivamente a carreira. Hoje gravar um disco não é mais o grande obstáculo. Mas, a concorrência de mercado se tornou o grande desafio. O que você faz efetivamente para se diferenciar dentro do seu nicho musical?

China Marinho: Eu me preocupo tanto com a parte sonora quanto a visual. O mercado está cheio de artistas talentosos, temos que nos destacar em algo. Então procuro fazer de toda apresentação, um espetáculo.

19) RM: Como você analisa o cenário da Música Popular Brasileiro. Em sua opinião quais foram as revelações musicais nas últimas décadas? Quais artistas permaneceram com obras consistentes e quais regrediram?

China Marinho: Eu resumo tudo em um nome “Gusttavo Lima”, um artista inovador. Pra quem lembra do início da carreira dele o que ele faz, da forma que ele faz está em alta até hoje em dia. Sobre artista que regrediram não tenho muito o que falar porque pode ter regiões que não consomem o trabalho como pode ter regiões que ainda consomem esse artista.

20) RM: Quais as situações mais inusitadas aconteceram na sua carreira musical (falta de condição técnica para show, brigas, gafes, show em ambiente ou público tosco, cantar e não receber, ser cantado, etc)?

China Marinho: Já passei de tudo um pouco das situações citadas na pergunta, mas uma pessoa passou em frente ao local que eu estava me apresentando, entrou para curtir a festa, ficou no show, pois achou que eu fosse o “Duzao” do Menos é Mais, jamais esquecerei dessa situação (risos).

21) RM: O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

China Marinho: Eu não me abalo facilmente. Mas eu fico muito feliz quando as pessoas veem meu trabalho, mandam mensagens apoiando, incentivando e fazem questão de ir no nosso show. É Sinal que estamos indo pelo caminho certo.

22) RM: Existe o Dom musical? Como você define o Dom musical?

China Marinho: Acredito que exista o dom da música, mas também acredito que a vida é feita de aprendizado. Conheço pessoas que a música vem de berço, e também pessoas que teve contato com a música depois de muitos anos e se destacam hoje em dia.

23) RM: Qual é o seu conceito de Improvisação Musical?

China Marinho: Eu tenho até uma frase pra isso: “Improvisação, as vezes dá certo e as vezes não”.

24) RM: Existe improvisação musical de fato, ou é algo estudado antes e aplicado depois?

China Marinho: Existe sim, mas quando aplicado por alguém que saiba o que está fazendo fica parecendo algo natural.

25) RM: Quais os prós e contras dos métodos sobre Improvisação musical?

China Marinho: Improviso dá a entender que a pessoa não fez o dever de casa de escutar, estudar a música para executar.

26) RM: Quais os prós e contras dos métodos sobre o Estudo de Harmonia musical?

China Marinho: Eu vejo apenas prós para os estudos de Harmonia Musical. Acredito que o processo criativo fica mais produtivo e rico. O conhecimento de Harmonia possibilita a construção da música de várias maneiras e formas.

27) RM: Você acredita que sem o pagamento do jabá as suas músicas tocarão nas rádios?

China Marinho: Infelizmente não. Só toca na grande mídia se pagar o jabá.

28) RM: O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical?

China Marinho: Pode parecer clichê: nunca desista dos seus sonhos e sempre faça tudo bem feito independente de quem e quantas pessoas estão te assistindo. Sou exemplo disso, as portas se abriram quando me viram tocando numa confraternização de fim de ano de uma empresa para aproximadamente 70 pessoas numa apresentação acústica.

29) RM: Festival de Música revela novos talentos?

China Marinho: Sim com certeza. Eu acredito no potencial dos festivais de música.

30) RM: Como você analisa a cobertura feita pela grande mídia da cena musical brasileira?

China Marinho: Eu acho que deveríamos olhar mais para os novos artistas que estão chegando agora, a base está vindo forte. Muitos desses artistas estão chegando com os projetos muito top, eu tento acompanho muito essas novidades pelas redes sociais.

31) RM: Qual a sua opinião sobre o espaço aberto pelo SESC, SESI e Itaú Cultural para cena musical?

China Marinho: Acho bacana, uma forma de valorizar e incentivar a nossa cultura.

32) RM: Quais os seus projetos futuros?

China Marinho: Continuar trabalhando o novo single “Subiu a Pressão” para fazer chegar no maior número de pessoas possíveis e temos mais três músicas ainda para serem lançadas até final do ano. Tem muita coisa boa pra vir.

33) RM: Quais seus contatos para show e para os fãs?

China Marinho: Contato para shows é (27) 99583 – 1620 | (27) 99525 – 6630. E pra quem quiser nos acompanhar nas redes sociais é só seguir: https://www.instagram.com/chinamarinho

| https://web.facebook.com/chinamarinho

Canal: https://www.youtube.com/channel/UCON4pi5GZy3b4zYsOXeIv8g

China Marinho – Subiu a Pressão (Clipe Oficial): https://www.youtube.com/watch?v=5RqEz0f1xqs

Spotfy: https://open.spotify.com/track/6FhxggrWgwEc8VY1cyW2uC?si=rXl9VC8iRJ-HiHVFvKmNiQ&utm_source=whatsapp


Deixe um comentário

*

Uma Revista criada em 2001
pelo jornalista, músico e poeta paraibano
Antonio Carlos da Fonseca Barbosa.
Notícias por WhatsApp