Rhayfer Ferreira

  •  
  • 21
  •  
  •  
  •  
    21
    Shares

Avalie esta Entrevista

O Compositor, cantor e radialista pernambucano Rhayfer Ferreira iniciou seus estudos de Música na adolescência cantando MPB, sendo influenciado por obras de artistas consagrados.

Na década de 1980, já morando em São Paulo, Rhayfer continuou a sua trajetória musical apresentando-se em Clubes e Bares noturnos, cantando as suas composições e um vasto repertório da Música Popular Brasileira. Ele já se apresentou no mesmo palco de nomes ilustres como Belchior, Zé Geraldo, Jorge Mautner, Walter Franco e outros. E já se apresentou em São Paulo no Teatro da Galeria Olido – Sala Guiomar Novaes (FUNARTE), Teatro UMES (União Municipal dos Estudantes Secundaristas) no Projeto “UMES CANTARENA”, Teatro Itália e entre outros espaços. Atualmente o Cantor e Compositor está com novas músicas para seu próximo álbum trará: xote, baião, forró, chorinho, baladas. Rhayfer tem uma personalidade marcante e revela-se um artista preocupado com o desenvolvimento do nosso país, e, acredita na força da Arte como uma das soluções para os problemas da nossa gente. Ele está com dois shows: no show “DANÇA ALEGRE” ele apresenta junto com a sua banda as suas canções e clássicos da MPB. E no show RHAYFER FERREIRA – ”VOZ E GUITARRA”, no qual além de canções próprias canta e toca grandes sucessos do nosso cancioneiro geral.

Rhayfer Ferreira também é radialista formado pelo SENAC/São Paulo. Atua no Rádio fazendo locução há mais de uma década, apresentando seu programa diário de variedades.

Segue abaixo entrevista exclusiva com Rhayfer Ferreira para a www.ritmomelodia.mus.br, entrevistado por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa em 22.01.2019:

01) RitmoMelodia: Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal?

Rhayfer Ferreira: Nasci no dia 22.01.1959 em Paulista (PE).

02) RM: Fale do seu primeiro contato com a música.

Rhayfer Ferreira: Ainda na minha adolescência, lá em Paulista aonde eu nasci.

03) RM: Qual a sua formação musical e\ou acadêmica fora da área musical?

Rhayfer Ferreira: Estudei música erudita, e, também música popular. Sou Radialista formado pelo SENAC de São Paulo. Agora se chama Comunicador. E, DRT – Delegacia Regional do Trabalho agora é SRTE – Superintendência Regional do Trabalho e Emprego.

04) RM: Quais as suas influências musicais no passado e no presente. Quais deixaram de ter importância?

Rhayfer Ferreira: Comecei na MPB. Sem nenhum preconceito, de estilos musicais. Depois estudei violão clássico. No presente, pesquiso a Música mundial. Nenhuma música deixou de ter importância para mim.

05) RM: Quando, como e onde você começou a sua carreira musical?

Rhayfer Ferreira: Comecei ainda menino cantando na noite de São Paulo: MPB, BLUES, ROCK, POP. No começo da década de 1980.

06) RM : Quantos CDs lançados, quais os anos de lançamento (quais os músicos que participaram nas gravações)? Qual o perfil musical de cada CD? E quais as músicas que entraram no gosto do seu público?

Rhayfer Ferreira: São dois CDs autorais e mais alguns discos de outros artistas nos quais fiz participações. Esses álbuns foram lançados na década de 1990 e com canções nos ritmos de MPB/POP/BLUES. Gravei com a banda “Radar” que acompanhou Belchior por dez anos.

07) RM: Como você define o seu estilo musical?

Rhayfer Ferreira: MPB POWER e ritmos brasileiros somados ao blues e um pouco de flamenco.

08) RM: Você estudou técnica vocal?

Rhayfer: Sim. E sou professor de CANTO POPULAR.

09) RM: Qual a importância do estudo de técnica vocal e cuidado com a voz?

Rhayfer Ferreira: É de total importância. Porque uma voz bem cuidada e bem educada musicalmente falando durará a vida inteira…

10) RM: Quais as cantoras(es) que você admira?

Rhayfer Ferreira: Elis Regina, Janis Joplin, Nelson Gonçalves, Luiz Vieira e muitos outros…

11) RM: Como é o seu processo de compor?

Rhayfer Ferreira: Leio muito antes. Ouço muita música. Toco minha guitarra todos os dias. Inspiro-me e componho.

12) RM: Quais são seus principais parceiros de composição?

Rhayfer Ferreira: Luiz Carlos Bahia, Costa Senna, Cacá Lopes e outros.

13) RM: Quem já gravou as suas músicas?

Rhayfer Ferreira: Algumas pessoas da MPB. Dentre elas: Carlos Silva, Costa Senna, Cacá Lopes, algumas Bandas de Forró.

14) RM: Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente?

Rhayfer Ferreira: Os prós são que, o ARTISTA tem o poder total sobre a sua obra. Quanto aos contras, ele precisa trabalhar triplicado para conseguir êxito em seu trabalho.

15) RM: Quais as estratégias de planejamento da sua carreira dentro e fora do palco?

Rhayfer Ferreira: Trabalho muito. Quinze horas por dia às vezes. Dirijo meus shows. Escolho o melhor repertório. Escolho a EQUIPE e a dirijo. Subo no palco exausto e feliz. E no fim todos felizes pelo bom resultado…

16) RM : Quais as ações empreendedoras que você pratica para desenvolver a sua carreira?

Rhayfer Ferreira r: Vivo rodeado por pessoas competentes, irmãos que somam comigo em meus projetos artísticos. Desde as composições das canções, até o show no PALCO. E no fim todos ganham alegrias e lucros financeiros.

17) RM: O que a internet ajuda e prejudica no desenvolvimento de sua carreira?

Rhayfer Ferreira: Só me ajuda. Tomo todos os cuidados cabíveis. E, acho que as redes sociais são uma grande possibilidade para todos os artistas mostrarem as suas artes.

18) RM: Quais as vantagens e desvantagens do acesso a tecnologia  de gravação (home estúdio)?

Rhayfer Ferreira: As vantagens são muitas. Desvantagens, eu não as vejo. Pois hoje em dia pode-se gravar em casa/home estúdio, um ótimo trabalho musical. E o acesso à tecnologia possibilita se gravar um bom material musical mesmo se estando em países distantes.

19) RM : No passado a grande dificuldade era gravar um disco e desenvolver evolutivamente a carreira. Hoje gravar um disco não é mais o grande obstáculo. Mas, a concorrência de mercado se tornou o grande desafio. O que você faz efetivamente para se diferenciar dentro do seu nicho musical?

 Rhayfer Ferreira: Tenho amigos, igual a você. Trabalho com honestidade. Ajudo as pessoas e por consequência me ajudam. Sou chamado para programas de TVs, Rádios e para mostrar o meu trabalho em outras Mídias.

 20) RM : Como você analisa o cenário musical brasileiro. Em sua opinião quem foram às revelações musicais nas duas últimas décadas e quem permaneceu com obras consistentes e quem regrediu?

Rhayfer Ferreira: Promissor. Entendo que, com as mudanças vigentes do Brasil e do Planeta Terra, a música que aí está mostra como este mundo está. E quem regrediu não tomei conhecimento, mas, os que permaneceram eu sei: Chico César, Zeca Baleiro, Zeca Pagodinho e muitos outros.

21) RM: Quais os músicos já conhecidos do público que você tem como exemplo de profissionalismo e qualidade artística?

Rhayfer Ferreira: Começando pelo rei Roberto Carlos, entendo que, existe um clube dos dez mais no planeta terra. Do Brasil estão Além de Roberto Carlos, Caetano Veloso, Gilberto Gil e outros. De fora: Paul McCartney, Bob Dylan e mais alguns.

22) RM: Quais as situações mais inusitadas aconteceram na sua carreira musical?

Rhayfer Ferreira: Foram as mais diversas: tocar e cantar um carnaval inteiro e, o cheque não ter fundos. Fui fazer um show pago pela prefeitura de São Paulo e, na hora de fazer meu show, o palco começou a pegar fogo. É que puxaram energia da casa de um morador do local e, a gambiarra deu errado, não suportou a carga elétrica e o show não saiu. Mas, cachê veio. E muitas outras coisas inesquecíveis aconteceram. Levar ”cantada”, eu não me lembro.

23) RM: O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

Rhayfer Ferreira: A minha carreira musical só me deixa feliz. Não tenho dúvidas que estou no caminho certo. Quanto à tristeza, fico profundamente triste quando morre um amigo músico. Principalmente se for um músico jovem.

24) RM: Nos apresente a cena musical da cidade que você mora?

Rhayfer Ferreira: Moro em Sampa, amo morar na cidade de São Paulo. Aqui há uma grande quantidade de bons músicos trabalhando diariamente em seus estilos mais variados e bonitos. Aprendo muito com meus companheiros de profissão.

25) RM: Quais os músicos, bandas da cidade que você mora, que você indica como uma boa opção?

Rhayfer Ferreira: Começando pelos músicos, fica difícil nomeá-los porque São Paulo recebe músicos bons do mundo inteiro. Quanto as Bandas, vou começar por Titãs, Ira, Ultraje A Rigor e tantas outras.

26) RM: Você acredita que sem o pagamento do jabá as suas músicas tocarão nas rádios?

Rhayfer Ferreira: Espero que sim. Mas, ”Não existe almoço de graça”. Sei disso há muito tempo.

27) RM: O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical?

 Rhayfer Ferreira: Estude MÚSICA! ESTUDE MÚSICA E ESTUDE MÚSICA!

28) RM: Quais os prós e contras do Festival de Música?

Rhayfer Ferreira: Prós: deve-se aparecer. Não se aplaude totem que está embaixo da mesa. Contras: Cartas marcadas? Será? Eu também não sei.

29) RM: Na sua opinião, hoje os Festivais de Música revelar novos talentos?

Rhayfer Ferreira: Acredito que sim. Um VAGALUME ao acender a sua luz, mesmo ela sendo tão ínfima… Alguém acaba vendo-a… Festival de Música também ainda revela artistas…

30) RM: Como você analisa a cobertura feita pela grande mídia da cena musical brasileira?

Rhayfer Ferreira: Muito DIRECIONADA: São para os interesses da própria Mídia e suas escusas conveniências.

31) RM: Qual a sua opinião sobre o espaço aberto pelo SESC, SESI e Itaú Cultural para cena musical em São Paulo?

Rhayfer Ferreira: Acho muito bom o trabalho que eles fazem. E já fui agraciado várias vezes por eles, e, pude mostrar o meu trabalho.

32) RM: O circuito de Bar nos Bairros Vila Madalena, Vila Mariana, Pinheiros, Perdizes e adjacência ainda é uma boa opção de trabalho para os músicos?

Rhayfer Ferreira: Sim. Pois até hoje, os bons músicos ou saem dos BARES NOTURNOS ou vem das igrejas. Para o grande cenário MUSICAL NACIONAL E MUNDIAL TAMBÉM.

33) RM: Quais os seus projetos futuros?

Rhayfer Ferreira: São muitos. Pois eu vivo trabalhando e me projetando cada vez mais. Sou também um poeta que sonha e realiza.

34) RM: Quais seus contatos para show e para os fãs?

Rhayfer Ferreira: Canal no YOU TUBE: RHAYFER FERREIRA OFICIAL | Facebook: Rhayfer Ferreira | [email protected]


  •  
  • 21
  •  
  •  
  •  
    21
    Shares
Antonio Carlos Da Fonseca Barbosa

Antonio Carlos Da Fonseca Barbosa

Criador e Editor Responsável pela revista Ritmo Melodia desde 2001, músico, letrista e poeta paraibano Antonio Carlos da Fonseca Barbosa, sempre se preocupou em divulgar a música (popular, regional, instrumental e erudita) com entrevistas e artigos sobre os músicos e artistas brasileiros.