Heloísa Helena

heloisa helena
Heloísa Helena
Avalie esta Entrevista

A cantora e compositora Heloísa Helena vêm de uma família tradicional e extremamente musical: tias pianistas e o pai que semanalmente promovia rodas de samba com grandes compositores e cantores das décadas de 60 e 70. “Heloísa Helena, tem um Timbre diferente no Samba e Bossa carioca”, segundo Euclides Amaral (poeta e pesquisador da MPB).

Ela revelou o dom de cantar e ainda adolescente, estreou no Festival de Música do Colégio Marista São José na Tijuca com a Banda Limbo, cantando Estrela de Mel de sua autoria em parceira com a flautista Rita Paschoal. O tempo passou e a jovem se formou em museologia, virou empresária da gastronomia. Em 2006 passou a se apresentar no palco de seuRestaurante Bar La Gare Lounge, incentivada pelos amigos pianistas, Alberto Chimelli e Luciano Bahia. Ela foi convidada para fazer um grande show no palco do Instituto Benjamin Constant na Urca – Zona Sul do Rio de Janeiro e foi entrevistada pela TV Brasil. E com isso se fortaleceu e se apresentou em outros palcos do Rio de Janeiro. Teve a participação de um de seus shows da belíssima voz Watusi e do compositor Nonato Buzar. Mais tarde entrou em contato com Melodia Produções e foi acarinhada e respeitada por todos e o destino a colocou de frente a Luiz Melodia e Roberto Menescal.

Em 2007 fez seu primeiro CD – Acreditar_ “Heloisa Helena canta Luiz Melodia”, com músicas do grande cantor e compositor da MPB e cantando juntos a música “Pérola Negra” eRoberto Menescal participando da música “Dores de Amores”. Seu lançamento foi no Bar do Tom – Leblon e foi entrevistada pela CNT (Jornal do Brasil). Em 2010, fez seu segundo CD – Alma Carioca, com composições de Heloisa HelenaArnaud RodriguesPerinho SantanaMahalRenato PiauBeron Carvalho, Eduardo Villar, Hudson Almado, Krisnas, e a música de seu padrinho Luiz Melodia “Lorena” com parceria do filho e cantor Mahal e Renato Piau e o bossanovista Roberto Menescal, fez o arranjo da música “Alma Carioca”, que é de composição de Heloisa HelenaHudson Almado e Beron Carvalho. Seu lançamento foi no Palco da MPB – Livraria Modern Sound, com apoio da Rádio MPB FM, com a participação de Luiz Melodia em duas músicas, Lorena e Estácio Holly Estácio, cantando juntos e acompanhada dos músicos: Renato Piau, Silvério Pontes, Alessandro Cardozo, Carlos Werneck e Clauton (Neguinho) Sales.

Os CDs foram gravados pelo Selo Guitarra Brasileira do músico, Renato Piau. Foi convidada para fazer o show no Teatro Benjamin Constant (IBC) na Urca, para ouvidos exigentes. O seu trabalho foi citado no livro “Alguns Aspectos da MPB”, de Euclides Amaral. Reconhecida pelo crítico Ricardo Cravo Albin através da citação no concorridíssimo Dicionário da Música Popular Brasileira. www.dicionariompb.com.br .

Segue abaixo entrevista exclusiva com Heloísa Helena para a www.ritmomelodia.mus.br, entrevistada por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa  em 16.12.2012:

01) Ritmo Melodia: Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal?

Heloisa Helena: Eu sou carioca (Rio de Janeiro) e do signo de escorpião (risos), nasci em 18/11/.

02) RM: Fale do seu primeiro contato com a música.

Heloísa Helena: Minhas tias, irmãs do meu pai eram musicistas. Mas conheci à música nas rodas de samba em que papai organizava em casa – ele foi um dos pioneiros do Cordão da Bola Preta, fundou o bloco Brotinho da Uruguai. Eu deveria ter uns 16 anos de idade. No meu grupo de amigos havia uma banda chamada Limbo e se inscreveram para participar do Festival da Canção no Colégio Marista São José, na Tijuca, só que o vocalista ficou doente – eles me intimaram pra cantar. Com o apoio da minha irmã aceitei e fui toda feliz, escondida dos meus pais. Foi um sucesso! Não ganhamos, mas fomos muito elogiados pelos jurados.

03) RM: Qual a sua formação musical e acadêmica fora música?

Heloísa Helena: A Museologia é a minha formação acadêmica.

04) RM: Quais as suas influências musicais no passado e no presente? Quais deixaram de ter importância?

Heloísa Helena: Luiz Melodia, Roberto Menescal, Elza Soares, Leny de Andrade, nenhuma deixou de ter importância.

05) RM: Quando, como e onde você começou a sua carreira musical?

Heloísa Helena: A gastronomia acabou me levando de volta à música, pois sendo meu o restaurante, era aberto a shows. Voltei a cantar depois de anos, em 2007. Fui incentivada pelo pianista Luciano Bahia que frequentava o local.

06) RM: Quantos CDs lançados (quais os músicos que participaram nas gravações)? Qual o perfil musical de cada CD? E quais as músicas que se destacaram em cada CD?

Heloísa Helena: Eu lancei dois CDs, o primeiro em 2007 músicas de meu padrinho musical Luiz MelodiaCD – HELOÍSA HELENA CANTA LUIZ MELODIA e o segundo CD- ALMA CARIOCA, seis faixas composições minhas em parceria com o baixista Hudson Almado, com o guitarrista Perinho Santana e o violonista Beron de Carvalho, e com participação de Luiz Melodia e Roberto Menescal nos dois CDs, agora falando dos músicos são todos de peso e foram tantos que posso esquecer algum nome e vai ficar desagradável (risos).

07) RM: Como você conheceu o Luiz Melodia?

Heloísa Helena: Conheci o Luiz Melodia através da sua produção, quando mostrei meu trabalho.

08) RM: Qual o seu contato pessoal e profissional com Luiz Melodia?

Heloísa Helena: Nos tornamos amigos e pelo lado profissional ele se tornou meu padrinho musical.

09) RM: Como você conheceu o Roberto Menescal?

Heloísa Helena: Conheci o Roberto Menescal no estúdio Hanói do músico Arnaldo Brandão, quando fui levar minha demo.

10) RM: Qual o seu contato pessoal e profissional com o Roberto Menescal?

Heloísa Helena: Nos tornamos amigos e do lado profissional ele fez os arranjos da minha música Alma Carioca, e participou tocando no meu primeiro CD – Heloísa Helena canta Luiz Melodia na música Dores de Amores junto com o baixista Novelli.

11) RM: Como você define o seu estilo musical?

Heloísa Helena: Samba é tudo para mim (risos).

12) RM: Como você se define como cantora/interprete?

Heloísa Helena: Um timbre diferenciado (risos)

13) RM: Você estudou técnica vocal?

Heloísa Helena: Sim.

14) RM: Quais as cantoras que você admira?

Heloísa Helena – Elza Soares, Leny de Andrade, Nana Caymmi e outras…

15) RM: Você compõem? Quem são seus parceiros musicais?

Heloísa Helena: Sim! Meus parceiros, Hudson Almado, Beron de Carvalho, Perinho Santana, Euclides Amaral poeta e pesquisador do dicionário da MPB.

16) RM: Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente?

Heloísa Helena: Tem que ter muita garra, pois o mercado é difícil, tem que se jogar de cabeça e seguir enfrente (risos).

17) RM: Como você analisa o cenário musical brasileiro. Em sua opinião quem foram às revelações musicais nas duas últimas décadas e quem permaneceu com obras consistentes e quem regrediu?

Heloísa Helena: Muito bonito (risos), nós temos cantores e cantoras maravilhosos.

18) RM: Quais os músicos já conhecidos do público que você tem como exemplo de profissionalismo e qualidade artística?

Heloísa Helena: Luiz Melodia.

19) RM: O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

Heloísa Helena: É cantar e ver o público cantar junto isso não tem preço. Triste? é não ter oportunidade de cantar e não poder mostrar o seu trabalho.

20) RM: Você acredita que sem o pagamento do jabá as suas músicas tocarão nas rádios?

Heloísa Helena: Sim! Elas tocam em algumas rádios e eu não precisei pagar.

21) RM: O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical?

Heloísa Helena: Tenha Fé.

21) RM: Quais os seus projetos futuros?

Heloísa Helena: O meu terceiro CD, que sai ainda esse ano. Fui contratada por um maravilhoso maestro de São Paulo para ser interprete do seu CD, esta ficando lindo (risos). Fui convidada pelo poeta e letrista Euclides Amaral para participar, como intérprete, em duas músicas no CD autoral dele. Inclusive, em uma delas, que é um samba, somos parceiros.

22) RM: Quais os seus contatos para show e para os fãs?

Heloisa Helena: [email protected] | www.facebook.com/heloisa.helenacantaii

Antonio Carlos Da Fonseca Barbosa

Antonio Carlos Da Fonseca Barbosa

Criador e Editor Responsável pela revista Ritmo Melodia desde 2001, músico, letrista e poeta paraibano Antonio Carlos da Fonseca Barbosa, sempre se preocupou em divulgar a música (popular, regional, instrumental e erudita) com entrevistas e artigos sobre os músicos e artistas brasileiros.