Karin Martins

A cantora, compositora paulistana Karin Martins apresenta o seu primeiro CD – “Quem é Você?” e mostra os novos caminhos da MPB

O primeiro álbum da artista, produzido por Paulo Vaz – tecladista da banda Supercombo – chega com composições maduras e conta com a participação especial de Graça Cunha.

A MPB precisa se reinventar. Essa é a opinião de grande parte dos artistas e produtores no Brasil recentemente. Mônica Salmaso, por exemplo, chegou a dizer que “na maior parte das vezes, a porta de entrada é algo que nada tem a ver com o artista”. Em um momento em que o gênero parece patinar em sua própria identidade, a jovem cantora Karin Martins apresenta um disco promissor: “Quem é Você?”.

Disponível em todas as plataformas digitais, o disco chega com sete faixas autorais, que abraçam as referências musicais de Karin, desde a sua adolescência até as inspirações recentes. “Quem é Você” também é a música de trabalho e faz referência a um questionamento comum a todas as pessoas.

Segue abaixo entrevista exclusiva com Karin Martins para a em 28.11.2016:

01-) Ritmo Melodia – Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal? 

Karin Martins Nasci no dia 17.06.1986 em São Paulo – SP.

02-) RM – Fale do seu primeiro contato com a música?

Karin Martins Meu primeiro contato foi na minha infância, onde em todas as festas de família meus tios tocavam violão, cantavam.

03-) RM – Qual a sua formação musical e\ou acadêmica fora da área musical? 

Karin Martins Sou formada em violão e Canto Popular e finalizando em Fonoaudiologia.

04-) RM – Quais as suas influências musicais no passado e no presente? Quais deixaram de ter importância? 

Karin Martins Minhas grandes influências são: Caetano Veloso, Lenine, Los Hermanos, Jorge Drexler. Acredito que todas essas influências ainda são muito fortes em mim, não acredito que alguma tenha deixado para trás.

05-) RM – Quando, como e onde  você começou a sua carreira profissional?

Karin Martins Desde novinha, comecei tocando em um restaurante (amigo de minha mãe) tinha 15 anos de idade e foi lá que aprendi a montar um repertório e interagir com público.

06-) RM – Fale do seu primeiro disco(quais os músicos que participaram das gravações)? Qual o perfil musical de cada CD? E quais as músicas que entraram no gosto do seu público?

Karin Martins O meu primeiro CD – Quem é você? foi lançado em Julho de 2016. É um disco, Pop MPB, mas que tem elementos do Rock alternativo principalmente pelas participações dos integrantes da banda Supercombo: Léo Ramos e Paulo Vaz. Como participação no vocal, eu tive a honra de dividir a música Castelo de Cartas com Graça Cunha. De todas acredito que “Quem é Você” é a mais cantada nos shows.

07-) RM – Como você define o seu estilo musical?

Karin Martins Nova MPB.

08-) RM – Como é seu processo de compor?

Karin Martins Quase diariamente faço laboratórios de composições para estudar harmonia, escritas e tal, mas às vezes nesses dias me bate inspiração e saio compondo letra e melodia ao mesmo tempo (risos).

09-) RM – Quais são seus principais parceiros de composição?

Karin Martins Léo Nogueira tem sido um grande parceiro, mas, ultimamente tenho feito canções só de minha autoria.

10-) RM – Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente? 

Karin Martins Prós: é de não se prender a ninguém nem taxas abusivas, e contras: que se perde muita força de impacto em mídias em geral.

11-) RM – Quais as estratégias de planejamento da sua carreira musical dentro e fora do palco? 

Karin Martins Não sei muito falar sobre estratégias, até porque hoje tenho uma equipe que define os rumos junto comigo. Deixo o barco seguir e foco mais em divulgação do trabalho em mídia.

12-) RM – Quais as ações empreendedoras que você pratica para desenvolver a sua carreira musical?

Karin Martins Atualmente foco em Preparação vocal para atores e cantores, o que me ajuda a sustentar parte da minha carreira musical.

13-) RM – O que a internet ajuda e prejudica no desenvolvimento da sua carreira musical? 

Karin Martins Acredito que ela só me ajuda, pois é um caminho muito interessante para divulgar meu trabalho, principalmente para pessoas que ainda não conhecem meu trabalho.

14-) RM – Quais as vantagens e desvantagens do fácil acesso a tecnologia  de gravação (home estúdio)? 

Karin Martins Gosto muito para preparar uma Pré produções.

15-) RM – No passado a grande dificuldade era gravar um disco e desenvolver evolutivamente a carreira. Hoje, gravar não é mais o grande obstáculo. Mas, a concorrência de mercado se tornou o grande desafio. O que você faz efetivamente para se diferenciar dentro do seu nicho musical?

Karin Martins Trabalho uma personalidade diferente, hoje apesar de ser MPB trago elementos do Rock Alternativo.

17-) RM – Qual ou quais os músicos já conhecidos do público que você tem como exemplo de profissionalismo e qualidade artística? 

Karin Martins Lenine, Zélia Duncan, Maria Gadú.

18-) RM – Quais as situações mais inusitadas aconteceram na sua carreira musical? 

Karin Martins Tenho uma história engraçada. Há muito tempo atrás me confundiram em um show com a Maria Rita, isso lógico no início de carreira dela.

19-) RM – O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

Karin Martins Feliz por trabalhar com o que amo. E infeliz talvez por ter que lutar tanto por um espaço no Sol (risos).

20-) RM – Nos apresente a cena musical da cidade que você mora? 

Karin Martins São Paulo tem um bairro fortíssimo em cultura musical que é Vila Madalena, tem de tudo e sobre tudo, é muito bom!

21-) RM – Quais os músicos, bandas da cidade que você mora  você indica como uma boa opção? 

Karin Martins Projeto Capella, Anna Trea, Anelis Assumpção, Priscila Amorim, Alex Prata entre outros…

22-) RM – Você acredita que as suas músicas tocarão nas rádios sem pagar o jabá? 

Karin Martins Sim, inclusive em algumas rádios já tocam.

23-) RM – O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical? 

Karin Martins Persistência!

24-) RM – Quais cantores(as) que você admira? 

Karin Martins Lenine, Caetano, Marcelo Camelo, Maria Rita.

25-) RM – Quais os compositores eruditos que você admira?

Karin Martins Não conheço muito de música erudita.

26-) RM – Quais os compositores populares que você admira?

Karin Martins Elis Regina, Tom Jobim, Cazuza, Cartola…

27-) RM – Quais os compositores da Bossa Nova você admira? 

Karin Martins Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Baden Powell.

28-) RM – Quais as principais técnicas para se dominar e se tornar um bom cantor(a)?

Karin Martins Respiração e interpretação.

29-) RM – Quais os principais vícios e erros deve ser evitado pelo estudante de técnica vocal? 

Karin Martins Abuso vocal, gritos, rouquidões em geral.

30-) RM – Quais as principais diferenças das técnicas do Canto Erudito em comparação ao Canto Popular? 

Karin Martins São muitas precisaria de um dia para responder só isso (risos).

31-) RM – Quais os principais erros de metodologia de ensino de música?

Karin Martins Acho isso muito particular, difícil apontar um erro em metodologias que nem conheço, não posso generalizar. Acredito que manter muita prática seja ótimo.

32-) RM – Existe o DOM musical? Como você defini o Dom musical?

Karin Martins Acredito mais em força de vontade, aquele que sonha faz por merecer tudo que quer.

33-) RM – Quais os prós e contras dos métodos sobre Improvisação musical? 

Karin Martins Só vejo Prós, pois quando se chega ao ponto de improvisação, normalmente já se tem muito conhecimento para lhe servir de base.

34-) RM – Qual a definição de Improvisação para você? 

Karin Martins Usar de bases e conceitos estudados para driblar/levar a melodia como se quiser levar.

35-) RM – Existe improvisação de fato, ou é algo estudado antes e aplicado depois?

Karin Martins Existe, se torna ótimo quando se existe uma boa base de estudos para definir limites dentro da improvisação.

36-) RM – Como chegar ao nível de leitura à primeira vista? 

Karin Martins Estudando cerca de duas horas por dia, esse meio quanto mais se estudar melhor. Eu estudava em media de oito horas por dia.

37-) RM – Quais os métodos que você indica para o estudo de leitura à primeira vista? 

Karin Martins Têm muitos, acredito mais em métodos voltado a músicas conhecidas.

38-) RM – Quais os prós e contras de orientação vocal para ator?

Karin Martins Prós saber usar a saúde vocal, contra não ultrapassar barreiras tornando Abuso vocal.

39-) RM – Quais os seus projetos futuros? 

Karin Martins Continuar Gravando discos, Compondo, buscando parcerias novas…

40-) RM – Quais seus contatos para show e para os fãs?

Karin Martins patricia@tudoempauta.com.br | anacarolina@tudoempauta.com.br | (1) 5044 – 5558 – Escritório e Assessoria  de imprensa  Tudo em Pauta.

O que achou? Comente aqui!