More Irivan Lima »"/>More Irivan Lima »" />
Uma Revista criada em 2001
pelo jornalista, músico e poeta paraibano
Antonio Carlos da Fonseca Barbosa.

Irivan Lima


O cantor, compositor, violonista paraibano Irivan Lima, é de uma família musical e em 1970 criou com mais dois companheiros um trio de Forró, começamos a tocar na região.

Em 1975, foi morar com meu pai Antônio em São Paulo onde fez alguns trabalhos musicais. Nesta época, conheceu os cantores e compositores: Roberto Di Melo, Marquinho Baiano, entre outros.

Ao retornar para Campina Grande – PB, continuou sua carreira musical, onde estudou Violão e teoria musical no Departamento de Artes na Universidade Federal de Campina Grande. Nos anos 90, cantou em várias bandas, compondo e tocando em Bares e restaurantes da cidade. Lecionou como professor de Violão em vários locais da cidade, a exemplo do Centro Cultural, AABB, AME e aulas particulares.

Em 1990, teve a honra de conhecer alguns compositores a exemplo de Edson Vidigal Filho, Tupinambá como a influência do seu irmão Alquimides Daera, formamos a banda Simples Paz. Em 2002 gravaram o álbum “Simples Paz” e lançaram 2003. A banda Simples Paz fez alguns shows no Nordeste. Atualmente, a banda Simples Paz continua ensaiando para gravar o segundo álbum em janeiro de 2022.

Segue abaixo entrevista exclusiva com Irivan Lima para a www.ritmomelodia.mus.br, entrevistado por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa em 27.10.2021:

01) RM: Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal?

Irivan Lima: Nascido no dia 27.10.1960 no sítio Mata de Oitis (do meu avó Pedro Fortunato de Lacerda e dos meus pais Antônio e Francisca) em Itaporanga – PB. Registrado como Irivan Cordeiro de Lima.

02) RM: Fale do seu primeiro contato com a música.

Irivan Lima: Meu primeiro contato com a música infância, com os familiares.

03) RM: Qual a sua formação musical e/ou acadêmica fora da área musical?

Irivan Lima: Estudei Violão e teoria musical no Departamento de Artes (DART) – Universidade Federal de Campina GrandePB e cursei Técnico em Contabilidade.

04) RM: Quais as suas influências musicais no passado e no presente? Quais deixaram de ter importância?

Irivan Lima: No passado: Choro; Bossa Nova; Forró; Xote, Baião. No presente: MPB; Samba; Blues. Todas as influências musicais ainda têm importância.

05) RM: Quando, como e onde você começou a sua carreira musical?

Irivan Lima: Em Campina Grande – PB, há 30 anos atrás (1991), tocando em Bares, Fanfarras, shows.

06) RM: Quantos CDs lançados?

Irivan Lima: Em 2003/2004 lancei o álbum – “Simples Paz” com dois discos em uma parceria com quatro compositores e instrumentistas: Alquimides Daera, Edson Vidigal Filho, Tupinambá, Irivan Lima. O perfil do álbum é MPB. As músicas que se destacaram: “Salve meu dia”; “Teresina”; “Idade”; “Só e eu”; “Só pra te fazer feliz”.

07) RM: Como você define seu estilo musical?

Irivan Lima: Mistura de MPB com Pop e Forró.

08) RM: Você estudou técnica vocal?

Irivan Lima: Sim.

09) RM: Qual a importância do estudo de técnica vocal e o cuidado com a voz?

Irivan Lima: É importante o estudo e cuidado para que a voz permaneça na zona de conforto e o cantor com longevidade profissional.

10) RM: Quais os cantores (as) que você admira?

Irivan Lima: Djavan, Chico Buarque, Os Paralamas do Sucesso, etc.

11) RM: Como é seu processo de compor?

Irivan Lima: Acontece naturalmente a criação de uma canção, porém na minha casa.

12) RM: Quais são os seus principais parceiros de composição?

Irivan Lima: Alquimides Daera, Edson Vidigal Filho, Tupinambá.

13) RM: Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente?

Irivan Lima: Desenvolvendo uma carreira musical de forma independente você faz o que gosta, porém necessita de uma estabilidade financeira.

14) RM: Quais as estratégias de planejamento da sua carreira dentro e fora do palco?

Irivan Lima: Organização e fidelidade ao público são minhas estratégias.

15) RM: Quais as ações empreendedoras que você pratica para desenvolver a sua carreira?

Irivan Lima: Desenvolvo outras profissões além da profissão de músico.

16) RM: O que a internet ajuda e atrapalha no desenvolvimento de sua carreira?

Irivan Lima: A internet prejudica por causas das fake News, mas ajuda nas divulgações.

17) RM: quais as vantagens e desvantagens do acesso à tecnologia de gravação (home Studio)?

Irivan Lima: O home estúdio ajuda na comodidade, mas tem o lado o custo financeiro dos equipamentos e o tempo indisponível para aprender usar os programas de gravações.

18) RM: No passado a grande dificuldade era gravar um disco e desenvolver evolutivamente a carreira. Hoje gravar um disco não é mais o grande obstáculo. Mas, a concorrência de mercado tornou-se o grande desafio. O que você faz para se diferenciar dentro do seu nicho musical?

Irivan Lima: A maneira que as pessoas escutam e acreditam e a qualidade das minhas composições.

19) RM: Como você analisa o cenário musical brasileiro? Em sua opinião, quem foram as revelações musicais nas duas últimas décadas e quem regrediu?

Irivan Lima: O cenário musical brasileiro é ótimo: Djavan, Jorge Vercillo, Ivete Sangalo, Vanessa da Mata. Eu prefiro não citar os que regrediram.

20) RM: Qual ou quais os músicos já conhecidos do público que você tem como exemplo de profissionalismo e qualidade artística?

Irivan Lima: Alquimides Daera, Beto Piler, Joca sanfoneiro.

21) RM: Quais as situações mais inusitadas que aconteceram na sua carreira musical (falta de condição técnica para show, brigas, gafes, show em ambiente e/ou público tosco, cantar e não receber, etc)?

Irivan Lima: Falta de condições técnicas; cantar e não receber.

22) RM: O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

Irivan Lima: Fico mais feliz quando componho e fico mais triste quando não tem shows para acontecer.

23) RM: Você acredita que suas músicas tocarão na rádio sem pagamento?

Irivan Lima: Muito pouco provável que minhas músicas toquem nas rádios sem o pagamento do jabá.

24) RM: O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical?

Irivan Lima: Eu digo aprenda muito e boa sorte na carreira musical.

25) RM: Quais os prós e contras do festival de música?

Irivan Lima: Nada contra Festival de Música, uma oportunidade aos novos talentos.

26) RM: RM: Como você analisa a cobertura feita pela mídia da cena musical brasileira?

Irivan Lima: A cobertura feita pela mídia da cena musical brasileira é péssima.

27) RM: Qual a sua opinião sobre o espaço aberto pelo SESC, SESI e Itaú Cultural para a cena musical?

Irivan Lima: Ótimos espaços.

28) RM: quais os seus projetos futuros?

Irivan Lima: Fazer sucesso…

29) RM: Quais os seus contatos para show e para os fãs?

Irivan Lima: (83) 98892 – 3128 | [email protected]

| https://web.facebook.com/irivanlima.cordeiro

| https://web.facebook.com/irivancordeiro.lima

| https://www.instagram.com/irivan.lima

Irivan Lima: https://www.palcomp3.com.br/irivanlima


Deixe um comentário

*

Uma Revista criada em 2001
pelo jornalista, músico e poeta paraibano
Antonio Carlos da Fonseca Barbosa.