More Chiquinho Forró Pesado »"/>More Chiquinho Forró Pesado »" />
Uma Revista criada em 2001
pelo jornalista, músico e poeta paraibano
Antonio Carlos da Fonseca Barbosa.

Chiquinho Forró Pesado


Chiquinho Forró Pesado é o nome artístico de Cicero Alves de Oliveira, que nasceu em 1962 em Mirandiba – PE, filho de Maria Julia da Conceição e Walter Alves Sobrinho, ambos lavradores.

Ele não veio de família de músicos, mas seu avô era cantador de novenas nas igrejas da zona rural. Tem seis irmãos, porém só ele e o seu irmão Pedro Alves de Oliveira, conhecido como Pedro Caroço, são cantores.

Chiquinho Forró Pesado, começou sua minha carreira musical em 1980 cantando em alguns barzinhos no Guarujá – SP. Em 1982 voltou para Pernambuco, e em 1983 se mudou para Feira de Santana-BA e começou a cantar nas rádios e no primeiro Festival de Forró da Bahia realizado pela Organização Sistema Nordeste de comunicação em 1987, ele ganhou o primeiro lugar. Em 1992 formou o Trio “Primavera” e foi para o Rio de Janeiro gravar o seu primeiro LP. As portas se abriram, ele sobrevive todos esses anos cantando no mesmo palco que estão as maiores bandas e artistas do Brasil como, por exemplo: Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Flavio José, Alcimar Monteiro, Adelmario Coelho, Frank Aguiar, Calcinha Preta, Mastruz com Leite, Catuaba com Amendoim, Banda Calypso, Limão com Mel, entre outros.

Gravou ao longo da sua carreira mais 10 CDS independentes e um DVD entre os anos de 1998 a 2021. As suas músicas que se destacaram foram: “A Tereza e o porteiro” (Chiquinho Forró Pesado), “Botando para derreter” (Jacinto Limeira), “Só Deus cala a minha voz” (Vicente Nery), “Sanfoneiro embriago” (Chiquinho Forró Pesado), “Primavera” (José Santana), “Sou o estopim” (Antonio Barros), “Sede de amar” (Carlúcia Cardoso), “Forró do bom” (Everaldo Cardoso de Castro), “Chamego proibido” (Jorge de Altinho / Lindolfo Barbosa), “Pra virar lobisomem” (Cecéu), “Namoro novo” (Dominguinhos).

Segue abaixo entrevista exclusiva com Chiquinho Forró Pesado para a www.ritmomelodia.mus.br, entrevistado por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa em 07.02.2022:

01) Ritmo Melodia: Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal?

Chiquinho Forró Pesado: Nasci no dia 25/03/1962 em Mirandiba – PE. Filho de Maria Julia da Conceição e Walter Alves Sobrinho e registrado como Cícero Alves de Oliveira.

02) RM: Fale do seu primeiro contato com a música.

Chiquinho Forró Pesado: Meu primeiro contato com a música foi quando eu tinha mais ou menos 11 anos de idade, em um salão de forró na zona rural de Serra talhada – PE. Toquei Zabumba e cantei, fui muito incentivado pelas pessoas que assistirão e aí veio a paixão pelo Forró.

03) RM: Qual a sua formação musical e/ou acadêmica fora da área musical?

Chiquinho Forró Pesado: Não tenho formação musical, sou autodidata. Estudei até a quinta séria primaria (hoje quinto ano do Ensino Fundamental).

04) RM: Quais as suas influências musicais no passado e no presente. Quais deixaram de ter importância?

Chiquinho Forró Pesado: As minhas influências musicais no passado foram: Luiz Gonzaga, Trio Nordestino, Os três do Nordeste. No presente continuam sendo esses três e mais Jorge de Altinho. Todos continuam sendo importantes e contribuindo para a minha carreira musical.

05) RM: Quando, como e onde você começou a sua carreira musical?

Chiquinho Forró Pesado: Foi em 1984 quando mudei de Pernambuco para Feira de Santana-BA, comecei cantando nas rádios e participando de concursos de Forró. Até que gravei o meu primeiro LP em 1992 e formando o Trio Primavera.

06) RM: Quantos CDs lançados?

Chiquinho Forró Pesado: CDS lançados: O primeiro foi um vinil – “Botando para derreter” em 1992 com o Trio Primavera. Gravei ao longo da carreira mais 10 CDS independentes e um DVD entre os anos de 1998 a 2021. As músicas de destaque foram: “A Tereza e o porteiro” (Chiquinho Forró Pesado), “Botando para derreter” (Jacinto Limeira), “Só Deus cala a minha voz” (Vicente Nery), “Sanfoneiro embriago” (Chiquinho Forró Pesado), “Primavera” (José Santana), “Sou o estopim” (Antonio Barros), “sede de amar” (Carlúcia Cardoso), “Forró do bom” (Everaldo Cardoso de Castro), “Chamego proibido” (Jorge de Altinho / Lindolfo Barbosa), “Pra virar lobisomem” (Cecéu), “Namoro novo” (Dominguinhos).

07) RM: Como você define seu estilo musical?

Chiquinho Forró Pesado: Forró Autêntico.

08) RM: Você estudou técnica vocal?

Chiquinho Forró Pesado: Nunca estudei técnica vocal, acredito muito em praticar e na experiência adquirida.

09) RM: Qual a importância do estudo de técnica vocal e cuidado com a voz?

Chiquinho Forró Pesado: Acho importante o estudo de técnica vocal para quem teve e tem oportunidade de estudar e o cuidado com a voz é fundamental.

10) RM: Quais as cantoras (es) que você admira?

Chiquinho Forró Pesado: Admiro muito Agnaldo Timóteo; Elba Ramalho; Nelson Gonsalves; Roberta Miranda, Roberto Carlos.

11) RM: Como é o seu processo de compor?

Chiquinho Forró Pesado: Componho quando chega a inspiração, mesmo assim não sou um grande compositor, me sinto melhor gravando as composições de outros poetas.

12) RM: Quais são seus principais parceiros de composição?

Chiquinho Forró Pesado: Não tenho parceiros, componho sozinho.

13) RM: Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente?

Chiquinho Forró Pesado: Construir uma carreira musical independente tem as suas vantagens, entre elas a independência e liberdade, porém existem as dificuldades para a divulgação do trabalho.

14) RM: Quais as estratégias de planejamento da sua carreira dentro e fora do palco?

Chiquinho Forró Pesado: Não tenho estratégias, entrego nas mãos de Deus, ele sempre faz o melhor.

15) RM: Quais as ações empreendedoras que você pratica para desenvolver a sua carreira?

Chiquinho Forró Pesado: Divulgações em rádios, redes sociais, revistas e jornais.

16) RM: O que a internet ajuda e prejudica no desenvolvimento de sua carreira?

Chiquinho Forró Pesado: Até agora a internet só tem ajudado.

17) RM: Quais as vantagens e desvantagens do acesso à tecnologia de gravação (home estúdio)?

Chiquinho Forró Pesado: Não vejo desvantagens no home estúdio, até agora as gravações que fiz só encontrei vantagem. Com a tecnologia de gravação temos mais oportunidades.

18) RM: No passado a grande dificuldade era gravar um disco e desenvolver evolutivamente a carreira. Hoje gravar um disco não é mais o grande obstáculo. Mas, a concorrência de mercado se tornou o grande desafio. O que você faz efetivamente para se diferenciar dentro do seu nicho musical?

Chiquinho Forró Pesado: Procuro fazer um trabalho em cima de muita divulgação em rádios web e comunitárias que muito nos favorecem quando se faz um trabalho de qualidade.

19) RM: Como você analisa o cenário do Forró. Em sua opinião quais foram as revelações musicais nas últimas décadas e quais permaneceram com obras consistentes e quais regrediram?

Chiquinho Forró Pesado: Flávio José, Falamansa, Paulinho do Forró, Adelmario Coelho, Santanna – o Cantador, etc… Prefiro não opinar sobre quem regrediu.

20) RM: Qual ou quais os músicos já conhecidos do público que você tem como exemplo de profissionalismo e qualidade artística?

Chiquinho Forró Pesado: Oswaldinho do Acordeon, Dominguinhos, maestro Marcos Farias, mestre Gennaro.

21) RM: Quais as situações mais inusitadas aconteceram na sua carreira musical (falta de condição técnica para o show, brigas, gafes, show em ambiente ou público tosco, cantar e não receber, ser cantado, etc)?

Chiquinho Forró Pesado: Eu fui barrado em shows que eu iria me apresentar. Já cantei e não recebi o cachê. Fui contratado para fazer o show e chegando no local nem o contratante estava, voltei sem fazer o show. O pior de todas foi quando o meu empresário na época, fechou quatro contratos de shows em prefeituras e perdeu o dinheiro todo jogando baralho.

22) RM: O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

Chiquinho Forró Pesado: Mas feliz quando estou no palco cantando para o público e mais triste na hora de receber o dinheiro (risos).

23) RM: Qual a sua opinião sobre o movimento do “Forró Universitário” nos anos 2000?

Chiquinho Forró Pesado: Muito bom, o movimento do “Forró Universitário “ veio para somar.

24) RM: Quais os grupos de “Forró Universitário” chamaram sua atenção?

Chiquinho Forró Pesado: Trio Dona Zefa e Forró Rasta Chinela.

25) RM: Você acredita que sem o pagamento do jabá as suas músicas tocarão nas rádios?

Chiquinho Forró Pesado: Sim. Se já tocava, agora é que está tocando mais (risos).

26) RM: O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical?

Chiquinho Forró Pesado: Se eu ver que a pessoa tem talento, eu incentivo e até ajudo, mas se não tiver talento, o meu incentivo vai prejudicar, melhor seguir uma outra profissão, não acho justo se frustrar.

27) RM: Quais os prós e contras do Festival de Música?

Chiquinho Forró Pesado: Os pós dos Festivais de música: surgimento de novos talentos e oportunidade para os anônimos. Os contras: geralmente, os melhores nunca são os vencedores.

28) RM: Hoje os Festivais de Música revelam novos talentos?

Chiquinho Forró Pesado: Sempre.

29) RM: Como você analisa a cobertura feita pela grande mídia da cena musical brasileira?

Chiquinho Forró Pesado: A cobertura feita pela grande mídia não valoriza a música de qualidade, por isso que não se escuta quase música boa, só se escuta o bate, bate no meio do mundo (risos).

30) RM: Qual a sua opinião sobre as bandas de Forró das antigas e as atuais do Forró Estilizado?

Chiquinho Forró Pesado: Se teve o nome Forró só faz somar.

31) RM: Quais os seus projetos futuros?

Chiquinho Forró Pesado: Continuar trabalhando para atingir alguns Estados brasileiros que ainda não conhecem as minhas músicas e shows.

32) RM: Quais seus contatos para show e para os fãs?

Chiquinho Forró Pesado: (75) 98135 – 0639 | (75) 98364 – 8976

| https://www.facebook.com/profile.php?id=100076193983003

| https://www.instagram.com/chiquinho_forro_pesado

Canal: https://www.youtube.com/channel/UCswRf7dH-U1ub1S7CxxxJvw

“Sanfoneiro bom” (Paulinho do Forró) – Sérgio Avellar part. de Chiquinho do Forró Pesado: https://www.youtube.com/watch?v=beXUOwq-9m0

Show de Chiquinho Forró Pesado: https://www.youtube.com/watch?v=zFjGmKC7caU

Show de Chiquinho Forró Pesado: https://www.youtube.com/watch?v=eczGdZo0npA

“A Tereza e o Porteiro” (Chiquinho Forró Pesado) – Trio Primavera: https://www.youtube.com/watch?v=j7DJ2HXL0EM

“Botando pra derreter” (Jacinto Limeira) – Trio Primavera: https://www.youtube.com/watch?v=ty2IcGoVYVQ

“Sanfoneiro embriago” (Chiquinho Forró Pesado) – Trio Primavera: https://www.youtube.com/watch?v=xeAPFrHgvl8

“Primavera” (José Santana) – Trio Primavera: https://www.youtube.com/watch?v=08LPatMl0bw


Deixe um comentário

*

Uma Revista criada em 2001
pelo jornalista, músico e poeta paraibano
Antonio Carlos da Fonseca Barbosa.
Notícias por WhatsApp