Continua após a Publicidade

Batuta Duo

Batuta Duo


Tempo de Leitura: 13 minutos

Batuta Duo de Violão e Saxofone formado pelos paulistanos Rodrigo Procknov e Gerson Silva Jr. Parceria que se mantém como projeto de busca das possibilidades expressivas da música de câmera, a partir de um diálogo criativo com repertórios múltiplos e diversificados.

O Batuta Duo surgiu a partir das afinidades existentes, de formação e pesquisa, entre o violonista Rodrigo Procknov e o saxofonista Gerson Silva Jr. A percepção musical é, para eles, o fundamento das escolhas estéticas. As fronteiras entre o popular e o erudito são conscientemente negligenciadas. A autonomia e a liberdade estéticas são princípios e norte. A expressão musicais, um processo estreitamente vinculados à composição e à apreciação.

Rodrigo Procknov, é um intérprete e compositor de um estilo peculiar de música brasileira vem surpreendendo por um som em que ecoam sua formação erudita, estudos de jazz e a paixão pela música brasileira. A trajetória de Procknov para chegar à síntese que apresenta seu trabalho atual, começa com audições de discos e programas de rádios, como música popular e erudita, que, cresceu escutando através da forte veia musical da sua mãe.

Herdeiro da tradição musical de sua mãe, Rodrigo começa a fazer aulas particulares de violão com o professor Cleyton Fernandes e conhece um universo não revelado, a música erudita e brasileira. Então, aos 18 anos de idade, ao concluir o colégio, o jovem comunica a família que deseja seguir a carreira de músico. Ao ingressar na universidade, foi orientado por Paulo de Tarso, Giácomo Bartoloni e José Candido. Em 1999, depois de graduar-se em bacharel em música pela Universidade Cruzeiro do Sul, Rodrigo segue aperfeiçoando seus conhecimentos musicais, por meio de aulas particulares com o maestro José Candido (harmonia funcional e arranjos), cursos livres com músicos renomados do Brasil e do Mundo.

Em 2009, licenciou-se em artes pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Participou, também, de estudos que incluem Máster Classes com Baden Powell, Abel Carlevaro e Roger Eon; curso de arranjo e harmonia com Ulisses Rocha na Universidade Livre de Música (ULM). Outra faceta do artista é a sua performance como acompanhante de renomados músicos e cantores do cenário brasileiro e internacional, tais como: o violonista chileno Jaime Valenzuela; Roberto Diamanso; César do Acordeon; Tereza Miguel,Renato Texeira, Sérgio reis, Banda Sinfônica de Lençóis Paulista entre outros.

Atualmente, o músico dedica-se à divulgação de seu primeiro trabalho, Serra Pontiada, no Brasil e no exterior, inclusive, dois temas do CD: “Piá” e “Serra Pontiada” foram executados no Programa Plataforma, exibido na internet e no canal Rede Super TV. O renomado músico Carlinhos Veiga incluiu em seu DVD – “Chão”, dois temas de Serra Pontiada: “Uma Só” e “Serra Pontiada”.

Gerson Silva Jr. historiador e saxofonista é o quarto filho, de sete, de Severina Trajano e Gerson Silva. Iniciou seus estudos de música na infância com seu pai.

Gerson Silva Jr. de 1993 a 1998 estudou saxofone na Escola Municipal de Música com Roberto Sion e prática de música de câmara com Jorge Salim. Em 1997 participou como bolsista do 28º Festival de Campos do Jordão – SP, onde estou com David Richard (NY-USA) e Phil Wilson (Boston-USA).

No mesmo ano foi finalista do 2º Prêmio Werill de Jovens Solistas do Brasil. No ano 2000 estudou música contemporânea com o pianista Sérgio VillaFranca e com o compositor Hans-Joachim Koellreuter. De 2004 a 2009 foi professor da Escola de Música Espaço Musical e em 2008 graduou-se em História pela Universidade de São Paulo – USP.

Gerson Silva Jr. desde 2011 é professor de história e desenvolve pesquisas na área de teoria da história e pedagogia. Atualmente dedica-se, também, à pesquisa das possibilidades expressivas da música popular de câmara. Já foi membro da Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, do Quarteto Quadra de Saxes, da Banda Experimentum e do Grupo Irundy.

Tocou com Roberto Sion, Isidoro Longano, Mané Silveira, Evaldo Soares, Itamar Collaço Rafael Daloya, Quique Sinesi e outros.

Segue abaixo entrevista exclusiva como Batuta Duo formado por Rodrigo Procknov e Gerson Silva Jr. para a www.ritmomelodia.mus.br , entrevistados por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa em 17.07.2020:

Índice

01) Ritmo Melodia: Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov: Nasci no dia 11.12.1976 em São Paulo. Gerson Silva Jr. Nasci no dia 20.03.1981 em São Paulo.

02) RM: Fale do seu primeiro contato com a música.

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Os meus primeiros contatos com a música foram em casa com os discos de minha mãe, e em igreja evangélica, onde comecei a ver a execução musical de perto nos ensaios e cultos.

Gerson Silva Jr. – Meu pai foi maestro da Banda Sinfônica 18 de Agosto por quase 40 anos. Eu ingressei na banda aos 5 anos de idade. Meu pai foi meu primeiro professor de música.

03) RM: Qual a sua formação musical e\ou acadêmica fora da área musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Sou formado Bacharel em Violão Erudito, pela Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) e em Licenciatura Plena em Artes pelo Centro Universitário Belas Artes.

Gerson Silva Jr. – Sou formado pela Escola Municipal de Música e Bacharel em História pela Universidade de São Paulo (USP).

04) RM: Quais as suas influências musicais no passado e no presente. Quais deixaram de ter importância?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – As minhas influências são: Johann Sebastian Bach, Camargo Guarnieri, Ludwig Van Beethoven, Claude – Achille Debussy, Heitor Villa Lobos, Frédéric Chopin, Ernesto Nazareth, Astor Piazzola, Charlie Parker, Cartola, Antonio Carlos Jobim, Guerra Peixe, Francisco Mignone, Pixinguinha , Nelson Cavaquinho , Luiz Gonzaga, Garoto , Armando Neves, Augustin Barrios, Moacir Santos ,Carlos Gomes ,Baden Powell , Alberto Nepomuceno , e etc , até hoje sou impactado por esses mestres da música.

Gerson Silva Jr. – Todos os músicos são influenciados por inúmeros intérpretes e compositores. Somos apreciadores apaixonados e de intensa dedicação. No entanto, os intérpretes que mais ouvi, estudei e apreciei na vida foram Roberto Sion, Paulo Moura, Paul Desmond, Julian Cannonball Adderley, Phil Woods, Antônio Hart,  Kenny Garret, Dilson Florêncio, Marcel Mule, Yo Yo Ma, Wynton Marsalis, J. J. Johnson, Michael Brecker, Joshua Redman, César Camargo Mariano e James Galway. Os compositores foram: Johann Sebastian Bach, Hans-Joachim Koellreuter, Heitor Villa-Lobos, Tom Jobim, Claude Debussy, Luciano Berio, César Guerra-Peixe, Pixinguinha, Camargo Guarnieri, Aaron Copland e João Bosco.

05) RM: Quando, como e onde vocês começaram a carreira musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Acredito que foi a primeira vez que toquei no Shopping Penha no bairro da Penha na zona leste de São Paulo em 2000.

Gerson Silva Jr. – Iniciei minha carreira aos 13 anos de idade em um Duo com a pianista chinesa Huang Li Chun e como membro do naipe de saxofone da Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo.

06) RM: Quando, como, onde e o que motivou vocês para se unirem no Batuta Duo?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Eu fiz uma apresentação na Argentina e toquei com o guitarrista Quique Sinesi que sugeriu que o Violão era bom em formações pequenas em Duo e Trio, chegando no Brasil fiz o convite ao Gerson Silva Jr., com a metade do repertório escrito e desse encontro nasceu o Batuta Duo.

07) RM: Como vocês definem o estilo musical do Batuta Duo?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – O Batuta Duo faz a junção da música erudita com a popular e estamos à procura de novos caminhos.

Gerson Silva Jr. – Eu costumo dizer que o Batuta Duo é um projeto de busca permanente e rigorosa das possibilidades expressivas da música de câmera. Nós ignoramos conscientemente as fronteiras entre o popular e o erudito.

08) RM: Como é o processo individual e em parceria de compor de vocês?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – A pesquisa e intuição, ambas andam juntos e a necessidade de expressar-me faz parte do cotidiano. Neste projeto do Batuta Duo eu escrevo e faço os arranjos, porém sempre pergunto ao parceiro Gerson Silva Jr.

09) RM: Quais são seus principais parceiros de composição?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov Roberto Diamanso e Diego Silva.

10) RM: Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Eu acredito que hoje os artistas dependem muito das novas formas de comunicação que são as plataformas digitais e redes sociais, porém o Rádio, Televisão, são as grandes formas de divulgarem para o grande público. As gravadoras hoje procuram os artistas depois que ele tem público e uma carreira já estabilizada. O artista tem mais responsabilidades e tem que saber gerenciar a carreira e estar acompanhando esses avanços digitais, pois a forma de divulgar e vender músicas, mudam a cada dia.

Gerson Silva Jr. – A vantagem de uma carreira musical independente é a liberdade criativa. O desafio, na minha perspectiva, sempre será a sobrevivência dos trabalhos.

11) RM: Quais as estratégias de planejamento de carreira de vocês dentro e fora do palco?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Ter marketing digital para o projeto proposto, estudar sempre e ampliar o repertório. Buscar, formar e ampliar o público, conhecer as redes sociais e ter pleno domínio. Acreditar no seu trabalho e ser muito focado, e desenvolver boas parcerias, e tentar compreender essas tecnologias e saber um outro idioma.

Gerson Silva Jr. – Estar onde o público está, sem abrir mão da liberdade criativa, sempre será nosso princípio norteador. As estratégias variam de acordo com meios e circunstâncias. Mas o Norte será sempre esse princípio.

12) RM: Quais as ações empreendedoras que vocês praticam para desenvolver a sua carreira musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Tenho parcerias com Estúdio Voz do Brasil do Chico Lobo e Acentuando Estúdio do Joe Barbosa. Leciono online e presencial, faço produção e organizo eventos.

Gerson Silva Jr. – Parcerias com artistas que potencializam a liberdade criatividade e a formação de público. Inclusive com artistas de outras áreas, como o teatro e a literatura.

13) RM: O que a internet ajuda e prejudica no desenvolvimento da sua carreira musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – A internet ajuda a você conhecer trabalhos de músicos do mundo e desenvolver parcerias, e sua música chega a outros países de uma forma rápida e fácil.

Gerson Silva Jr. – A internet amplia as possibilidades de apreciação de múltiplos repertórios de inúmeros artistas e potencializa a divulgação do nosso trabalho. O Batuta Duo está presente nas redes sociais e mantem um site interativo de divulgação do trabalho.

14) RM: Quais as vantagens e desvantagens do acesso à tecnologia de gravação (home estúdio)?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – As vantagens são que hoje você tem um estúdio dentro de uma mochila, e as desvantagens, infelizmente que essa tecnologia mesmo hoje sendo mais em conta não é acessível para todos.

15) RM: No passado a grande dificuldade era gravar um disco e desenvolver evolutivamente a carreira. Hoje gravar um disco não é mais o grande obstáculo. Mas, a concorrência de mercado se tornou o grande desafio. O que vocês fazem efetivamente para se diferenciarem dentro do seu nicho musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Infelizmente do passado não posso falar, gravar um disco não é obstáculo, porém ainda está difícil e tem gasto para pré-produção e produção, e isso ainda não é fácil como dizem. O Batuta Duo, busca diferenciar-se através de repertório autoral e releituras, e acreditando sempre que a música é para unir pessoas.

16) RM: Como vocês analisam o cenário da música instrumental brasileiro. Em sua opinião quem foram às revelações musicais nas duas últimas décadas e quem permaneceu com obras consistentes e quem regrediu?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – O cenário tem diversos instrumentistas e a internet você acaba conhecendo os novos músicos, e também conhece os músicos do passado que contribuiu para a música chegar nessa diversidade que temos hoje!

17) RM: Vocês já foram músicos de quais orquestras ou grupos de câmara?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Já toquei em orquestras de Violões e Big Band.

Gerson Silva Jr. – Eu já participei de diversos quartetos de saxofones, duos de saxofone e piano, bandas sinfônicas, big bands, grupos que acompanham cantores e companhias de teatro.

18) RM: Quais as situações mais inusitadas aconteceram na sua carreira musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Acredito que todo músico já passou por algo inusitado. Eu tocando uma vez e a cadeira caiu e consegui posicionar e terminar o tema! E também, infelizmente, existiu a falta de pagamento do cachê.

Gerson Silva Jr. – O meu instrumento quebrou no meio da apresentação e tive que adaptar a interpretação às limitações impostas pelo problema.

19) RM: O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – O que mais fico feliz é o ato de entrar no palco e mostrar um pouco das minhas músicas e as pessoas retribuírem com afeto e admiração. Eu acredito que a música é para unir pessoas e quando vejo um espaço musical fechando fico triste.

Gerson Silva Jr. – A apreciação atenta, respeitosa e crítica da interpretação que realizo me deixa muito feliz. O inverso, me entristece.

20) RM: Quais os outros projetos musicais que vocês participam paralelo ao Batuta Duo?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov: Coletivo Contratempo, e agora a formação de trios em São Paulo e Belo Horizonte.

Gerson Silva Jr.Banda Sinfônica Paulista, Quarteto SPJazz e Companhia Pau D’Arco de teatro.

21) RM: Qual a opinião de vocês sobre a cobertura feita pela grande mídia da música instrumental brasileira?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – A grande mídia infelizmente pensa apenas na música de massa, porém temos lugares que apoia a boa música seja ela cantada ou instrumental. Hoje com a internet conseguimos encontrar isso no mundo.

Gerson Silva Jr. – Talvez os únicos na região de São Paulo que respeitem a música instrumental brasileira seja a TV e a Rádio Cultura. A internet é que nos salva.

22) RM: Você acredita que sem o pagamento do Jabá as suas músicas tocarão nas rádios?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Infelizmente pagar para ter a música tocando na programação (o Jabá) acontece, porém tem lugares que você envia a música e tocam, aconteceu comigo enviei para Alemanha e tocou junto com músicas de artistas renomados do Brasil.

23) RM: O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Eu sempre digo estude muito e aprenda uma nova língua estrangeira. Aprenda lidar com as redes sociais e as tecnologias, pois você consegue ótimos resultados com pouca tecnologia, para gravar vídeos e áudios.

Gerson Silva Jr. – Além de estar permanentemente apaixonado por ouvir, interpretar e/ou compor música.

24) RM: Quais os Violonistas e Saxofonistas que vocês admiram?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Eu poderia dizer muitos instrumentistas, porém vou mencionar alguns pois a lista seria enorme: Armando Neves, Augustin Barrios, Garoto, Baden Powell, Raphael Rabello, Paco de Lucia, Dilermando Reis, João Pernambuco, José Candido e etc.

Gerson Silva Jr. – Sempre vivo estudando e ouvindo saxofonistas de diversas partes do mundo. No entanto, os intérpretes eu mais apreciei na vida foram Roberto Sion, Paulo Moura, Paul Desmond, Julian Cannonball Adderley, Phil Woods, Antônio Hart, Kenny Garret, Dilson Florêncio, Marcel Mule, Michael Brecker e Joshua Redman.

25) RM: Quais os compositores eruditos que vocês admiram?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Quero mencionar que pra mim o que vale é a música boa. Os compositores que admiro: Bach, Heitor Villa Lobos, Camargo Guarnieri, Francisco Mignone, Carlos Gomes, Alberto Nepomuceno, Beethoven, Mozart, Schoenberg, Debussy, Chopin, Francisco Tárrega, Alberto Ginastera, Almeida Prado, Radamés Gnatalli, Guerra Peixe e etc.

Gerson Silva Jr. –  Como eu já disse anteriormente, todos os músicos tem inúmeras influências e são apreciadores apaixonados e intensos. Eu não fujo a regra. Não obstante, os compositores que mais estudei e ouvi na vida foram Johann Sebastian Bach, Hans-Joachim Koellreuter, Heitor Villa-Lobos, Antonio Carlos Jobim, Claude Debussy, Luciano Berio, César Guerra-Peixe, Pixinguinha, Camargo Guarnieri e Aaron Copland.

26) RM: Quais os compositores populares que vocês admiram?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Quero mencionar que que vale é a música boa, o que posso dizer do Pixinguinha, um gênio, e não se é erudito ou popular. Os compositores que admiro: Hermeto Paschoal, Ernesto Nazareth, Moacir Santos, Tom Jobim, Noel Rosa, Nelson Cavaquinho, Zequinha de Abreu, Dominguinhos, Capiba, Luiz Gonzaga, Cartola, Baden Powell, Dilermando Reis, Américo Giacomino, Candeia e etc.

Gerson Silva Jr. – A lista do Procknov está maravilhosa. Acrescentaria João Bosco.

27) RM: Quais os compositores da Bossa Nova, Choro e Samba que vocês admiram?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Quero mencionar o que vale é a música  boa, os compositores que admiro: Antonio Carlos Jobim, Paulo César Pinheiro, Vinicius de Moraes, Jonny Alf, K-ximbinho, João Pernambuco, Pixinguinha, Lupércio Miranda, Jacob do bandolim, Adoniran Barbosa, Zé Ketti, Cartola, Moacir Santos, Candeia  e etc.

Gerson Silva Jr. – Essa lista do Procknov também está excelente. Acrescentaria Chiquinha Gonzaga e Paulinho da Viola.

28) RM: Qual o diferencial estético de um Duo de Violão e Sax?

Batuta Duo: Gerson Silva Jr. – As possibilidades contrapontísticas, a diversidade de texturas harmônicas e as inúmeras nuances de timbres e intensidades.

29) RM: Vocês conhecem outro Duo formado por Violão e Sax?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Sim, o Raphael Rabello com Paulo Moura (Clarinete), Ulisses Rocha e Teco Cardoso, Quique Sinesi e Marcelo Moguilevsky, e etc.

30) RM: Quais as principais diferenças entre as técnicas de Violão Popular e Erudito?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Eu acredito que as técnicas são as mesmas do Violão, o que muda é o repertório. Um violonista popular tem que saber ler uma partitura e buscar um bom som e também ser solista. O violonista erudito tem que buscar o caminho da improvisação e conhecer os ritmos brasileiros e saber harmonia.

31) RM: Quais as principais técnicas que o aluno deve dominar para se tornar um bom Violonista e saxofonista?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Eu creio que para ser um bom violonista conhecer os mestres do Violão mundial, ter um bom professor, ir muito aos concertos de Violão, e estudar sempre!

Gerson Silva Jr. – Há uma distinção significativa de técnica e linguagem entre o saxofone erudito e o popular. O estudante precisa conhecer as duas escolas profundamente, apreciando com dedicação e criticidade os grandes mestres e estudando com bons professores.

32) RM: Quais os Violões para tocar música Popular e Erudita que você indica atualmente?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Hoje temos diversos luthieres de violão no Brasil, eu gosto muito do Marlon Chiquinato, Marciano e Tessarin!

33) RM: Quais os principais vícios e erros que devem ser evitados pelo aluno de Violão e de Sax?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – O que posso dizer é que o aluno tem que buscar um bom som e praticar tudo devagar para ter um ótimo rendimento.

Gerson Silva Jr. – Ignorar o desenvolvimento da sonoridade e da afinação.

34) RM: Quais os principais erros na metodologia de ensino de música?

Batuta Duo: Gerson Silva Jr. – O principal erro é o músico ser professor por necessidade e não por opção. Educação exige pedagogia. Exige estudo aprofundado de psicologia da educação, didática, planejamento e avaliação.

35) RM: Existe o Dom musical? Como você define o Dom musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Existe o dom musical. O Dom musical é: a paciência nos estudo de anos e anos dedicado ao instrumento. Você tem o desejo e objetivo de conhecer o instrumento para ter um bom aproveitamento, seja na execução como interprete ou compondo para diversas formações diferentes.

Gerson Silva Jr. – O dom é o amor à arte.

36) RM: Qual a definição de Improvisação para você?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – A improvisação para mim é ter, uma boa percepção musical, ter um conhecimento harmônico com acordes e melódico com as escalas. Não ter medo de errar e conhecer bem os ritmos, tocar com diversas formações e buscar o seu caminho.

Gerson Silva Jr. – Interpretar é ler. Improvisar é falar.

37) RM: Existe improvisação de fato, ou é algo estudado antes e aplicado depois?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – A improvisação existe, e o preparo temos que fazer diariamente em casa e depois tocar em diversos grupos diferentes. Tudo na música tem que ser estudado para tecnicamente estarmos aptos para aplicar. Você não vai decorar um solo e tocar depois, e sim entender aquele solo para servir de exemplo e aumentar seu vocabulário musical.

Gerson Silva Jr. – Improvisar é falar. Quando falamos não lemos, mas utilizamos todo o repertório de palavras e ideias que conhecemos até então. O fascínio da conversa está presente no ato de improvisar.

38) RM: Quais os prós e contras dos métodos sobre Improvisação musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Eu acredito que hoje temos diversos tipos de materiais e isso está a nosso favor na internet. O que mais assusta é que tem fórmulas milagrosas na internet, onde você estuda uma por dia e vai aprender o que foi assimilado em 20 anos de estudo. Tem gente que acredita e vai atrás desse material, porém tem professores sérios com trabalhos excelentes e aulas para todos os níveis.

Gerson Silva Jr. – O principal método é apreciar e estudar os grandes mestres e vivenciar intensamente a experiência da improvisação.

39) RM: Quais os prós e contras dos métodos sobre o Estudo de Harmonia musical?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – O estudo de harmonia é para qualquer músico que deseja conhecer mais sobre música e não apenas seu instrumento de estudo. Eu acredito que um ótimo professor e vasto material que temos no mercado fica muito fácil para o estudo.

40) RM: Quais os métodos que você indica para o estudo de leitura à primeira vista?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Os métodos são: Ettore Pozzoli rítmico e melódico, Pasquale Bona. E ler muita música para o seu instrumento, e pegar métodos de outros instrumentos e ler bem devagar e sem repetir.

Gerson Silva Jr. – O melhor caminho talvez seja participar de um grupo musical de amplo, diversificado e desafiador repertório.

41) RM: Como chegar ao nível de leitura à primeira vista?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – O Violão é instrumento bem complexo para a leitura, pois tudo vai depender da formação das notas no pentagrama. Você tem que conhecer as notas no braço do Violão para fazer a melhor digitação possível. E estudar os livros da literatura do Violão como: Abel Carlevaro – Mão Direita e Mão Esquerda, Isaías Sávio, Henrique Pinto, Julio Sagreras e praticar todos os dias a leitura!

Gerson Silva Jr. – Lendo permanentemente repertório diversificado e desafiador.

42) RM: Quais os seus projetos futuros?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov – Vou lançar dois trabalhos, um Solo de Violão e outro com o Coletivo Contratempo.

Gerson Silva Jr. – Ampliar a apreciação dos trabalhos musicais em curso: Batuta Duo, Quarteto SPJazz e Banda Sinfônica Paulista.

43) RM: Quais seus contatos para show e para os fãs?

Batuta Duo: Rodrigo Procknov (11) 9.9731 – 8899 | www.batutaduo.com.br

| rodrigoprocknovbrasil@hotmil.com | www.rodrigoprocknov.com

| www.instagram.com/rodrigoprocknov

| https://www.facebook.com/r.procknov/

Gerson Silva Jr.(11) 99205 – 3564 | gerson_asj@yahoo.com.br

| www.facebook.com/batutaduo

| www.youtube.com/user/batutaduo | instagram.com/batutaduo/


Continua após a Publicidade
Antonio Carlos Da Fonseca Barbosa: Criador e Editor responsável pela revista digital RitmoMelodia desde 2001, jornalista, músico, poeta paraibano Antonio Carlos da Fonseca Barbosa, propaga a diversidade musical brasileira através de entrevistas e artigos. Jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB (1996 a 2000) que lançou um livro de poesia em 1998 e seus poemas ganharam melodias gravadas em três álbuns concluindo a trilogia "reggae baseado em poesia" no seu projeto musical Reggaebelde. Unindo a sensibilidade do poeta, músico com o senso crítico do jornalista e pesquisador musical colocado em prática em uma revista que Canta o Brasil.
Continua após a Publicidade
Post Relacionado

Este website usa cookies.

Continua após a Publicidade