Karina França

karina
  •  
  • 74
  •  
  •  
  •  
    74
    Shares

Avalie esta Entrevista

A cantora, instrumentista e compositora paulistana Karina França é filha da cantora, atriz e produtora Heleni Ribeiro, e do cantor, compositor, instrumentista e maestro arranjador Vidal França, ela não podia ser outra coisa senão artista, ainda que tenha tentado.

Com virtudes artísticas consideráveis, atuando como cantora, compositora, instrumentista e pesquisadora da boa música popular cultural brasileira tem consciência de sua arte e a presença dentro do universo da cultura musical de seu país, sentindo-se claramente parte dele, o que aparece no BrasiliAna, título de seu primeiro disco.

“Sou de uma família de artistas em geral, porque além de músicos, também tem mágicos, roteiristas, desenhistas. Minha mãe é cantora lírica e desde a barriga já ouvia muita música. Depois cresci ouvindo mais música, e só música boa. Até tentei não ser artista, fazer outra coisa na vida, mas não deu certo, estava no sangue mesmo – conclui Karina”.

Segue abaixo entrevista exclusiva com Karina França para a www.ritmomelodia.mus.br , entrevistada por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa em 23.01.2017:

01) Ritmo Melodia : Qual a sua data de nascimento e a sua cidade natal?

Karina França : Nasci no dia 23/05/1973 em São Paulo- SP, no bairro do Bixiga.

02) RM : Fale do seu primeiro contato com a música?

Karina França : Desde a gravidez de minha mãe.

03) RM : Qual a sua formação musical e\ou acadêmica fora da área musical?

Karina França : Minha formação é literalmente musical. Meu pai Vidal de França, cantor, compositor e maestro arranjador e estudei no Conservatório Villa Lobos.

04) RM : Quais as suas influências musicais no passado e no presente. Quais deixaram de ter importância?

Karina França : As minhas influências musicais foram indiretamente. Eu encontrava-me em cada uma delas.

05) RM : Quando, como e onde você começou a sua carreira profissional?

Karina França : Comecei aos 14 anos acompanhando ao bandolim vários grupos de samba e artistas da MPB, uma delas é minha amiga Katya Teixeira, onde tive a minha primeira aparição na TV, programa Viola, Minha Viola de Inezita Barroso na TV Cultura.

 06) RM : Quantos CDs lançados, quais os anos de lançamento (quais os músicos que participaram nas gravações)? Qual o perfil musical de cada CD? E quais as músicas que entraram no gosto do seu público?

Karina França : O meu primeiro CD – Brasiliana, gravado em 2005, arranjos de Vidal França e teve a participação dos músicos: Gabriel Levy no acordeom, Dinho Nascimento nos berimbaus e vocal, Alexandre Neves na percussão, Rildo Veloso e Magrão no baixo, Lincoln Makiyama e Marcus Fujino nos violinos, Mauro Viana na viola clássica, Laura Mac Knight no cello, Anderson Sotero na guitarra, Rodrigo Y Castro nas flautas, Teneson no trombone e trompete, Sumé no sax alto e sax tenor, Mazé Pinheiro, Lourival Tavares, Chico Branco, Chicão, Paulla Leite, Diná Soarez, Heleni Ribeiro, Clodoaldo Batista no vocal.

O perfil musical do CD é “Musical Literal Brasileira”. As músicas: Nau sem Rumo e A Arara e a Aranha músicas minhas de parceria com Edmilson Costa, Assim Preto e Brasa Branca de Jorge Alfredo e Antonio Risério, Quilombola de Dinho Nascimento e João Bá, foram tocadas por um bom tempo na rádio USP, Quase tudo de Vidal França e Vital Brasil e Tempo e Contra Tempo uma parceria minha com Carlos Silva e Batom Vermelho parceria com Edmilson Costa foram muito tocada fora do país. O CD-BrasiliAna me levou atravessar fronteiras, muito recompensador.

07) RM : Como você define o seu estilo musical?

Karina França : Meu estilo musical é colocar ao público através da música o que ele precisa.

08) RM : Você estudou técnica vocal?

Karina França : Sim.

09) RM : Qual a importância do estudo de técnica vocal e cuidado com a voz?

Karina França : Ser consciente ao emitir a voz.

10) RM : Quais as cantoras(es) que você admira?

Karina França : Aqueles que sabem cumprir sua vocação cantando.

11) RM : Como é o seu processo de compor?

Karina França – Componho de formas variadas.

12) RM : Quais são seus principais parceiros de composição?

Karina França : Aquele que têm noção exata na elaboração da letra. Todos citados acima tem essa qualidade.

13) RM : Quais os prós e contras de desenvolver uma carreira musical de forma independente?

Karina França : Os prós estão ao nosso favor, os contras a gente transforma.

14) RM : Quais as estratégias de planejamento da sua carreira musical dentro e fora do palco?

Karina França : De acordo com a proposição do momento.

15) RM : Quais as ações empreendedoras que você pratica para desenvolver a sua carreira musical?

Karina França : Inúmeras.

16) RM : O que a internet ajuda e prejudica no desenvolvimento de sua carreira?

Karina França : Procuro e acesso as que têm respostas positivas.

17) RM : Quais as vantagens e desvantagens do acesso a tecnologia  de gravação (home estúdio)?

Karina França : A rapidez do acesso é vantajosa, mas a técnica de gravação é caseira.

18) RM : No passado a grande dificuldade era gravar um disco e desenvolver evolutivamente a carreira. Hoje gravar um disco não é mais o grande obstáculo. Mas, a concorrência de mercado se tornou o grande desafio. O que você faz efetivamente para se diferenciar dentro do seu nicho musical?

Karina França : Dentro do meu mundo musical encontro a ação da natureza agindo e determinando os acontecimentos musicais para mim.

19) RM : Como você analisa o cenário musical brasileiro. Em sua opinião quem foram às revelações musicais nas duas últimas décadas e quem permaneceu com obras consistentes e quem regrediu?

Karina França : Ultimamente é quase tudo descartável, salvo aqueles que produzem a verdadeira arte musical.

20) RM : Qual ou quais os músicos já conhecidos do público que você tem como exemplo de profissionalismo e qualidade artística?

Karina França – São vários, mas um deles é César Camargo Mariano.

21) RM : Quais as situações mais inusitadas aconteceram na sua carreira musical?

Karina França : Em nossa caminhada vira e mexe encontramos uma situação inusitada, mas em todas às vezes tivemos um final positivo. Tudo depende de como lidamos com a situação que se apresenta.

22) RM : O que lhe deixa mais feliz e mais triste na carreira musical?

Karina França : Mais feliz, o aparecimento de alguém com boas novas musicais, tristeza eu anulo.

23) RM : Nos apresente a cena musical da cidade que você mora?

Karina França : A música “Cidade Bruxa”, de Vidal França.

24) RM : Quais os músicos, bandas da cidade que você mora  você indica como uma boa opção?

Karina França : São tantos que não tem como citar só alguns. Tem muita gente fazendo música boa por aí.

25) RM : Você acredita que sem o pagamento de jabá suas músicas tocarão nas rádios?

Karina França : Nem pagando.

26) RM : O que você diz para alguém que quer trilhar uma carreira musical?

Karina França : Se for forte, acredite e faça.

27) RM : Quais os seus projetos futuros?

Karina França : Estão em segredo em minha natureza.

28) RM : Quais seus contatos para show e para os fãs?

Karina França : (11) 5058 5439 | 9.5805 3415 | [email protected] | https://www.facebook.com/karina.franca1


  •  
  • 74
  •  
  •  
  •  
    74
    Shares
Antonio Carlos Da Fonseca Barbosa

Antonio Carlos Da Fonseca Barbosa

Criador e Editor Responsável pela revista Ritmo Melodia desde 2001, músico, letrista e poeta paraibano Antonio Carlos da Fonseca Barbosa, sempre se preocupou em divulgar a música (popular, regional, instrumental e erudita) com entrevistas e artigos sobre os músicos e artistas brasileiros.