Reggaebelde Project – Reggae baseado em Poesia

Lançou o segundo Álbum em 2015 – Reggae baseado em Poesia.

O conceito do Segundo Álbum:

Em janeiro de 2015 foi lançado o segundo álbum – Reggae baseado em poesia – com 12 músicas reggae raiz (roots) com o “tempero da música brasileira”. As letras trazem reflexões sobre o cotidiano, à sociedade, a justiça e consciência social. No segundo álbum o Teclado está em evidência na base. A guitarra com o pedal Wah-Wah nos arranjos, solos e frases deixa um clima hipnótico; uma característica fundamental do reggae. A bateria e o contrabaixo são marcantes no segundo álbum enfatizando o DNA do reggae. “Escolhi o reggae pela magia do som e proximidade com o xote, sem vínculo religioso (rastafári) nem com a cultura e os costumes jamaicanos”, comenta Antonio Carlos.

No primeiro álbum, Antonio Carlos teve Savilar como parceiro musical. No segundo álbum, ele tem como parceiros musicais: Cardo Peixoto com três músicas (Desejo de Pensar; Rastro da Imaginação; Tempo de Sonhar e Realizar); Karin Martins (Pés Ligeiros); Elisete Retter (Asas); Luiz Rojas (Cisne da Índia); Eugênio Black (Sem Amor); Sonekka (Em Algum Lugar); Rogério Granja (Obrigado por Existir); Cadu Marques (Meninas da Nicarágua); Carlos Mahlungo (A Canção Comuna); Emmy (Sou Mestiço). Fazendo com que esse álbum seja mais eclético e complexo na linha melódica.

Antonio Carlos cantou e tocou o Teclado nas 12 músicas. Tiago Stocco fez a direção musical, os arranjos e toco a guitarra. Edu Camargo gravou as linhas de contrabaixo e Ricardo “Pitchú” Scarto gravou a bateria. Essa formação deixa a sonoridade do álbum com maior peso na base: Baixo, Bateria e Teclado. E os arranjos e solos valorizando mais a musicalidade que o virtuosismo do guitarrista.

No primeiro e no segundo álbuns todas as músicas estão na vertente do Reggae, Ska, Rocksteady. A temática social dos poemas e letras se aproxima do rocksteady (vertente que tem foco na consciência social e política). “O Homem modifica a natureza e a Arte transforma o Homem em um ser melhor.”, diz Antonio Carlos. O reggae é a música que traz a mensagem de paz, amor, alegria, união, positividade e conscientização.

O início do Projeto:

Reggaebelde Project é uma proposta musical dentro do gênero reggae idealizada pelo jornalista, poeta e músico paraibano Antonio Carlos (da Fonseca Barbosa) com o objetivo de lançar uma Trilogia: Reggae baseado em Poesia, através dos seus poemas do livro: Poemas D’ Versos Poemas, lançado em 1998 e das suas letras que ganharam melodias.

Em 2006 o cantor, compositor e guitarrista baiano Savilar colocou melodia em cinco poemas do livro: Aldeia Nativa; Passageiros do Mundo; Juízo Final; Becos do Mundo; Rostos e em cinco letras: Chega de Privação; Não basta ser exótico; Sou Negro Sim; Reggaebelde; Escute o coração. O Savilar gravou à voz principal. Ele já tem mais de 20 anos de carreira na cena reggae e CDs gravados.

O cantor, compositor, violonista, guitarrista e produtor paulistano Tiago Stocco fez a direção musical e gravou a guitarra base e solo, o violão e fez back vocais. E chamou para completar o “time de estúdio”, o baterista paulistano Pérsio Sani. Antonio Carlos gravou as linhas de contrabaixos.

As gravações foram feitas em 2007 e lançamento em janeiro de 2008. Através da união destes músicos que colocaram suas experiências e criatividade a serviço do reggae raiz com um sotaque brasileiro. O nome Reggaebelde é homônimo da nona música do primeiro álbum. O nome faz a união das palavras Reggae e Rebeldia formando uma síntese da crítica, da consciência e da justiça social que se propõem o projeto. O maior objetivo é através da mensagem dos poemas e das letras despertar a consciência e crítica social do ouvinte. Reggaebelde faz reggae para Dançar, se Divertir e Pensar.

O conceito do primeiro CD: 

Em 2008 foi lançado o primeiro álbum – Reggae baseado em poesias – com 10 músicas reggae raiz (roots) com o “tempero da música brasileira”. Os poemas e as letras fazem reflexões sobre o cotidiano, a sociedade, a cultura negra, religião, justiça e consciência social.

A ausência do Teclado e naipe de Metais teve como objetivo fugir dos clichês do reggae jamaicano. E aproximar o reggae à música popular brasileira (xote). A inclusão do Violão na base mostra a intenção acústica do trabalho. A Bateria com suingue reforça o clima acústico. As linhas do Contrabaixo estão sintonizadas no clima de cada música, dialogando com a melodia e com os arranjos. A guitarra com o pedal Wah-Wah deixando a base, os arranjos, os solos e frases com um clima hipnótico; uma característica fundamental do reggae. Estas opções estéticas podem causar estranheza para os ouvidos de alguns “regueiros puritanos”, mas não descaracterizam o “DNA” do reggae. Os arranjos bem elaborados deixaram as músicas atraentes fugindo da monotonia do “bate-estaca”, que é o “Calcanhar de Aquiles” do reggae. “Escolhi o reggae pela magia do som e proximidade com o xote, sem vínculo religioso (rastafári) nem com a cultura e os costumes jamaicanos.”, ressalta Antonio Carlos.

Com a saída do Savilar, Antonio Carlos assumiu o vocal e passou a tocar o Violão e o Teclado. Em show com banda, ele será acompanhado por músicos convidados. O Reggaebelde Projec tem o objetivo de gravar os poemas do livro citado e as letras que se tornaram músicas, fechando a Trilogia: Reggae baseado em Poesia. E os próximos álbuns serão “enxutos” em quantidade de instrumentos: Voz, Bateria, Contrabaixo, Guitarra e Teclado (base, frases e solo).

Formatos de Show:

O primeiro formato de show é com o Sound System usando a base instrumental das músicas dos dois álbuns e colocando a Voz e o Teclado ao vivo. Além de cantar clássicos do reggae nacional e versões de clássicos do Bob Marley. O segundo formato é acústico Voz e Violão ou Teclado focado para apresentações em Saraus Poéticos e show intimista. E o formato com banda. Todos os formatos trazem o clima de reggae para Dançar, se Divertir e Pensar.

Contatos: (11) 9.9853 – 5545 (Antonio Carlos) – www.reggaebelde.com.br | bandareggaebelde@hotmail.com | reggaebelde@gmail.com | Facebook: www.facebook.com/reggaebeldeproject

Para Ouvir o CD 1: https://soundcloud.com/reggaebelde/sets/reggaebelde-reggae-baseado-em-poesia-1

Para Ouvir o CD 2: https://soundcloud.com/reggaebelde/sets/reggaebelde-reggae-baseado-em-poesia-2

Link do Canal no You Tube: https://www.youtube.com/channel/UC7yJUWChH8EFiP0DCqS2DPA

Vídeo – Chega de Privação – DVD coletivo do projeto Temporada para Amigos – CEU Jaçanã – SP 21/10/2012: www.youtube.com/watch?v=z2U1xOPB5_o&

Vídeo – Não basta ser exótico – DVD coletivo do projeto Temporada para Amigos – CEU Jaçanã – SP 21/10/2012: www.youtube.com/watch?v=fLKW0LtzcGo

Vídeo – Show no CEU Vila Rubi – Zona Sul – SP: www.youtube.com/watch?v=OwdlrNCIpwA

Vídeo – Rostos em Voz e Violão no Sarau Bodega do Brasil: www.youtube.com/watch?v=Fi82ULaN2fc

Vídeo – Show Voz e Violão no Sarau Bodega do Brasil: www.youtube.com/watch?v=hfZVOEYnW4M

Vídeo na Virada Cultural: Chega de Privação; Não basta ser exótico: www.youtube.com/watch?v=XBZBhpyYTEw

Vídeo de Entrevista da banda: www.youtube.com/watch?v=mJqgjtJOcH4 | www.youtube.com/watch?v=5GcdzUFO3Lw   | https://www.youtube.com/watch?v=ssDsGQav03g


Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://www.ritmomelodia.mus.br/2014/07/22/a-reggaebelde-lanca-o-cd-reggae-baseado-em-poesias/): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/ritmo/public_html/wp-content/themes/fp_discover/functions.php on line 200
Sem Comentário

Deixe um Comentário